de dentro da cartola

Entre um sacudir e outro: a palavra

Giseli Betsy

Meu instrumento é a palavra. Minha maior motivação é o desafio.

Rashad Alakbarov: Mestre das sombras

Rashad Alakbarov mostra que é possível fazer “pinturas” em paredes, com luzes e sombras. Ele que ficou famoso por sua arte um tanto peculiar, pois suas obras trazem um novo conceito aos nossos olhos. Mas o que faz o sua arte efetivamente provocativa são as oposições: não só no caso da luz contra a sombra, mas também por existir beleza no caos originado a partir da sua reflexão. Suas obras já foram exibidas na Phillips de Pury Gallery, em Londres, mostrando suas ideias, criatividade e originalidade.


Rashad19.jpg

SOMBRA: parte de uma superfície que deixou de receber luz porque entre ela e o foco luminoso se interpôs um corpo opaco (sombra projetada ou produzida por este corpo).

Procurando em qualquer dicionário encontraremos definições como esta, ou pelo menos parecidas. No entanto, Rashad Alakbarov resolveu dar mais uma definição para a palavra sombra: Arte! Rashad Alakbarov (1979) formado pela Academia Estatal de Belas Artes do Azerbaijão (país situado na fronteira entre Europa e Ásia) especializou-se em Artes Decorativas.

Rashad20.jpg

Ao invés de usar óleo ou aquarelas para fazer pinturas, Alakbarov usa luz, sombras e objetos comuns para formar incríveis paisagens nas paredes.

Vários artistas já criaram obras muito interessantes com sombras. Mas desta vez quem surpreendeu com seu talento e criatividade foi Rashad Alakbarov nos mostrando que a arte pode estar em quaisquer coisas e lugares.

Rashad2.jpg

Mesmo Azerbaijão sendo um país não muito presente no circuito mundial das artes, vem um artista como Rashad Alakbarov com sua arte inovadora e tem seu trabalho escolhido para representar a arte do Azerbaijão na 52ª Bienal de Veneza, em 2007.

Utilizando em seu trabalho vários utensílios corriqueiros, diversos tipos de materiais e objetos translúcidos suspensos, o artista brinca com a percepção visual, criando imagens através da caracterização de objetos banais com um foco de luz sobre eles.

Rashad1.jpg

Rashad8.jpg

São obras que ganham vida, e o que parecia apenas lixo e restos de produtos se transforma em paisagens complexas e retratos, através de sombras projetadas na parede, onde, aparecem imagens que variam desde horizontes urbanos até palavras, frases e rostos.

Rashad6.jpg

As obras de Alakbarov só podem ser vistas de um determinado ponto de vista. A partir de projeções indiretas de luz, o aglomerado de objetos ganham formas nas paredes das instalações surpreendendo quem olha as imagens do ponto certo. A preferência do artista por objetos translúcidos torna ainda mais vivo o feito, que cresce em dimensão com a passagem da luz pelas garrafas plásticas e pedaços de acrílico usados por Rashad Alakbarov.

A imagem acima é particularmente interessante por causa da mensagem por trás dela. Esta obra tem uma cena vibrante de arte contemporânea que foi moldada tanto por civilizações orientais e ocidentais. Rashad Alakbarov conseguiu projetar duas paisagens diferentes dependendo da fonte de luz que está ligada: uma cidade oriental com cúpulas de mesquitas ou uma cidade ocidental de arranha-céus.

Na realidade o que ele tenta dizer é que, apesar das nossas diferenças de cultura ao redor do mundo, as pessoas devem lembrar que ainda compartilham a mesma fonte de luz. Dito de outra forma, a cidade pode ser vista de forma diferente, dependendo da posição do espectador.

Rashad12.jpg

Olhando-se os desenhos e a formas como são feitos, é difícil organizar as ideias que compõe a obra, mas após uma observação mais profunda, somos capazes de ter um novo olhar para o trabalho, e assim se surpreender com as criações e talento de Rashad Alakbarov.


Giseli Betsy

Meu instrumento é a palavra. Minha maior motivação é o desafio..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/artes e ideias// @destaque, @obvious //Giseli Betsy
Site Meter