de repente dá certo

Este é um mapa de onde minha imaginação foi. Agora, o caminho é de vocês.

Marcela Picanço

Autora do site De Repente dá Certo, atriz e jornalista. É fissurada por arte e futurismo e acredita que o presente é sempre a melhor época para se estar vivo.

Não parta o coração dele

Não parta o coração dele como ele partiu o meu. Não estregue tudo por não ter auto-estima suficiente pra aguentar o amor que ele oferece.


13_kiss.jpg

Não parta o coração dele. Se eu pudesse pedir alguma coisa, seria essa, já que não existe a opção de pedir ele de volta, tipo mercadoria online. Até porque eu nunca tive ele. Ele não é de ninguém. Ele é livre e não deixa que ninguém diga o que fazer da sua vida. Tipo um gato que recebe ordens, mas não dispensa um lugar pra descansar o pensamento. Ele odeia respostas prontas. Gosta de elaborar tudo, de tentar prever soluções. Você já deve ter percebido isso. Cuide dele como quem planta uma sementinha. Ele vai precisar de água e luz pra fazer com que essa relação crie laços insolúveis na rotina.

Se ele escolheu estar com você, não duvide. Ele não gastaria tempo com alguém que ele não se importa o suficiente pra deixar o futebol sábado de manhã só pra ficar mais algumas horas enrolando na cama. Mas não espere que ele faça isso sempre. Ele sabe dividir o tempo dele, então nem tente tentar dividi-lo você mesma. Quanto mais espaço você der, mais ele chega perto. Ele gosta que você tenha seu espaço também, então não seja disponível o tempo todo. Isso é um saco pra qualquer pessoa. Não duvide dele se não for preciso. Se te incomodar muito, pode enchê-lo de perguntas, mas pense duas vezes antes de fazer um escândalo.

Ele não vai fazer nada pra te machucar. Eu demorei muito tempo pra entender isso porque sou uma boba e porque a gente leva tanta rasteira de homem que acaba desconfiando de tudo. A gente tende a não se arriscar pra não partir o coração de novo. Ele partiu meu coração, mas não fez por mal. E hoje eu entendo isso de um jeito que eu não compreendia. Antes eu achava que era descaso, que nada do que a gente viveu teve validade pra ele. É que é muito difícil aceitar uma rejeição e até hoje eu não aceitei. Tem toda essa coisa de ego e auto-estima envolvida, por isso, eu achei que não tinha sido boa o suficiente. Mas não existe ser boa o suficiente. As pessoas se apaixonam pelas espaços vazios das outras, onde elas terão chance de se inserir. Seja sempre você, com o máximo de autenticidade que puder, porque é isso que interessa pra ele. Se apaixonar mais pela pessoa que ele já se apaixonou uma vez.

Eu não falo tudo isso por você, não. Falo por ele. Porque eu não quero que ele tenha qualquer desilusão amorosa. E eu sei que ele é louco por você. Eu queria te implorar pra não decepcionar ele. E não queria que você seguisse isso tipo um código de conduta ou um “how to”, mas eu já vi você fazendo merda e eu sei que ele não sabe, porque ele acredita em você. Não estrague tudo por não ter auto-estima suficiente pra estar com um cara foda como ele é. Não estrague tudo tentando um pouco de atenção de qualquer pessoa que banalize a sua existência só pra, no fundo, chamar atenção dele.

Eu não me importo com você, e claro, você faz o que quiser, mas eu te peço, por favor, não quebre ou estraçalhe o coração dele em pedacinhos como ele fez com o meu. Antes eu não entendia, cheguei a pedir com força que ele se sofresse o dobro, mas agora que passou, eu só quero que ele fique bem. E eu não acredito que o nome disso seja amor. Amor foi o que eu senti por ele e não passou, nunca vai passar, mas se calou dentro de mim e vai ficar hibernando pra sempre. As pessoas falam de amor como se fosse algo definitivo, mas o amor não é certeza, o amor é descoberta. E ele é uma descoberta sem fim, cheio de riscos e compensações, muros e montanhas. Não estrague tudo por não ter coragem de viver esse amor. Eu vou estar de olho em você enquanto rezo baixinho por ele.


Marcela Picanço

Autora do site De Repente dá Certo, atriz e jornalista. É fissurada por arte e futurismo e acredita que o presente é sempre a melhor época para se estar vivo. .
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// @obvious, @obvioushp //Marcela Picanço
Site Meter