Jocê Rodrigues

Escritor e editor

As Esculturas Ontológicas de Javier Marín

Com mais de 70 exposições individuais e mais de 200 coletivas, Javier Marín cria verdadeiros atos ontológicos em suas obras.


timthumb (23).jpg

Javier Marín é um artista plástico mexicano com quase trinta anos de carreira e dotado de um notável talento e verve. Trabalha principalmente com escultura e, além de utilizar o barro e o bronze como matéria-prima, busca uma ampliação do working space do fazer escultural através do uso de elementos como resina de poliéster e materiais orgânicos (tabaco, terra, pétalas de flores, entre outros).

Suas obras evocam uma condição existencial lacerante, um movimento que produz ecos, reverberações fenomenológicas na existência do corpo (corpo que existe como subjétil - como superfície - e também como efeito). Não se trata de decadência ou decomposição, mas sim de um mistério, uma beleza que transita entre luz e treva e que não se configura dentro do métron grego, isso é, do conceito clássico de humanidade, mas que o utiliza como ponto de partida.

O discurso de Javier – que se dá, que se desenha através de suas mãos – é o de uma humanidade em movimento, aparentemente frágil, porém inquieta, que se retorce e que, pela necessidade de existir para além de uma identidade unívoca, de prosa se faz poesia, cheia de significados possíveis, desligada da obrigatoriedade de operar com sistemas representacionais estáveis. As marcas que muitas dessas obras sustentam (inscrições como Desamor, Não, Céu, Terra, etc.), não são sinais de violência ou choque, são dados de nossa mitogênese, cheia de desafios, de paixões e incertezas que, de algum modo, conseguimos transpor. Exercício de existência tensionada no corpo e pelo corpo.

timthumb (7).jpg

timthumb (9).jpg

timthumb (10).jpg

timthumb (14).jpg

timthumb (13).jpg

timthumb (15).jpg

timthumb (16).jpg

timthumb (6).jpg

Resina.jpg

timthumb (19).jpg

timthumb (22).jpg

timthumb (24).jpg


Jocê Rodrigues

Escritor e editor .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/Afetos e Provocações// @destaque, @obvious, eros //Jocê Rodrigues