Jocê Rodrigues

Escritor e editor

Tristeza, Potência e Superação na Arte de Ekundayo

Nascido em Honolulu, Ekundayo (Dayo) descobriu sua paixão pela arte quando tinha 13 anos e desde então vem se revelando como um dos mais inventivos e vigorosos artistas de sua geração.


ekundayo-slide-1.jpeg Mother to Another Dimension

Ekundayo começou seus passos na arte com o graffitti, desenvolvendo e aprimorando em seguida seu próprio jeito de criar utilizando técnicas mistas que incluem spray, acrylic, guache, canetas e aquarela, demonstrando um conhecimento técnico que o permite habitar e se movimentar confortavelmente entre a arte clássica e o graffitti.

Responsibilities.jpg Responsibilities

Ekundayo é uma palavra de origem iorubá que significa “a alegria que vem da tristeza” e que expressa de maneira clara a essência de suas obras, que possuem uma forte carga emocional e expressam nossos esforços, nossa busca por realização e o vazio ao fim do caminho. As dificuldades do caminho são mostradas em metáforas visuais potentes, em fardos e objeções que dificultam o caminhar, mas que, ainda assim, nos motivam a seguir adiante, a supera-los.

Giants Never Die.jpg Giants Never Die

Reinterpretando mitos e lendas, seus trabalhos lançam luz a diferentes perspectivas de temas comuns a todos nós, alcançando assim uma pluralidade interpretativa que desvia o espectador de caminhos hegemônicos e unívocos de percepção. A riqueza quase onírica de alguns de seus desenhos – os detalhes e as cores – não deixa dúvidas de que o jovem Ekundayo é um grande artista cujo trabalho, por sua qualidade e capacidade de ultrapassar limites estéticos e de transformar eventos cotidianos em acontecimentos quase míticos, o deixa próximo de artistas como Os Gêmeos (Otávio e Gustavo Pandolfo), por exemplo.

Dawning of The Age.jpg Dawning of The Age

Running Man1.jpg Running Man

Forever-Young-Ekundayo-2010.jpg Forever Young


Jocê Rodrigues

Escritor e editor .
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/artes e ideias// @destaque, @obvious //Jocê Rodrigues