Jocê Rodrigues

Escritor e editor.

A Sonoridade Visual de Cristina Popovici

Cristina Popovici é uma artista de origem romena que aposta na linguagem abstrata não só para comunicar-se, mas também para criar outras possibilidades de experimentação do mundo e das sensações.


Cristina-Popovici-Facebook.jpg

A arte de Cristina Popovici, de origem romena mas que vive atualmente na Austrália, é provida de um forte senso rítmico e formal, usando o abstracionismo como forma precisa de desvelamento de pulsões que promovem deslocamentos radicais no espaço-tempo intuitivo e interessantes ruídos entre cores e texturas.

Ao fazer largo uso de metáforas a polissemia se instaura como é de se esperar nas telas de Cristina, mas seus significados fugidios são visualmente elétricos, vivos e de peculiar luminescência; suas obras são verdadeiras respostas poéticas ao mundo (seja ele encarado como uma força cega ou manipulado por uma consciência superior), dotadas de vigor e singularidade. O gênio criativo se apresenta por inteiro, não apenas como um eco ou projeção, mas assume um corpo que condiz com sua condição, ou seja, de uma força que está em constante movimento. Os códigos visuais mais urgentes em muitas de suas obras estão nas texturas e nas pinceladas, quase sempre massivas e vigorosas. A espontaneidade é gritante, como os glissandos de um enfurecido John Coltrane na década de 60. Talvez por isso às vezes seja tão viva a impressão de estarmos diante de um happening congelado no tempo, ou registrado por uma máquina fotográfica capaz de captar vibrações, dando formas às emoções da artista. Da mesma maneira que acontece com um Pollock, não há nada para decifrar em suas obras, o que existe são lugares para se habitar.

Cristina_Popovici-Summer#2-tsr__11709_std.jpg

CRISTINA_POPOVICI-Si_bemol_on_Open_Land-tsr__88124_std.jpg

CRISTINA_POPOVICI-Wave#3-tsr__46803_std.jpg

O seu domínio técnico sobre o material de seu trabalho a aproxima de artistas como Gerhard Richter e Jason Martin, enquanto seu senso de ritmo e harmonia é responsável por costurar imageticamente landscapes e soundscapes em seu expressionismo abstrato.

Cristina_Popovici-Landmark-tsr__49710_std.jpg

Cristina-Popovici-facebook (1).jpg

CRISTINA_POPOVICI-Waves_of_Silence-tsr__61316_std.jpg

19.jpg

Às vezes é possível ouvir seus quadros, seus movimentos internos entoando sofisticadas melodias calcadas em instintos primitivos. Música suspensa, morando entre o olho e o espírito, em uma zona onde a interação se dá pela completa imersão daquele que observa e se deixa observar nesse outro corpo sem formas fixas. Som que está além do ato de ouvir e que dorme confortavelmente na cama dos olhos.


Jocê Rodrigues

Escritor e editor. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/artes e ideias// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Jocê Rodrigues