dedo na garganta.

Há sempre um pouco de nós morando na verborragia do outro.

Thaís Almeida

Eu sou Thaís Almeida. Uma colcha de retalhos costurada pelo tempo. Nunca fui a minha idade, sempre fui minhas experiências. Espero que você se encontre aqui.

Preenchendo meras formalidades - Era pra ser apenas mais um açaí ...

Em um mundo tão formal, encontrar a sutileza é sorte. E se, encontrar sutileza é sorte, saber enxergar então, é dom. Pessoas que sabem ser sutis, pessoas que conseguem enxergar a sutileza no emaranhado de rituais mecanizados... Pra você não confundir formalidade com sutileza, porque com sutileza a formalidade é muito mais que algo formal.


tumblr_lw0mnv3xe11qaxmg0o1_500.jpg

Numa tarde, certo alguém me chamou pra ir tomar açaí. Detalhe muito importante: eu não gostava da fruta. Porém, pela amabilidade da companhia, eu fui. Pedi outra coisa, um sorvete. Mas, quando voltei pra mesa, me deparo com uma tigela transbordante de açaí com duas colheres dentro dela...

É bom que nós possamos rever certos termos em alguns momentos. Formalidade por exemplo, em suma, significa: conveniência. "Ajo assim por ser conveniente com a pessoa ou com o momento" , "dou bom dia, boa tarde e boa noite por hábito", "pergunto se está tudo bem porque 'tudo bem' vem logo depois do 'oi'". Rituais feitos pela civilidade, mas que em sua maioria são vazias. Sem intenções. De pouca importância sentimental, talvez. Formal. Tapinha nas costas.

Sutileza em um de seus significados, indica um modo de se expressar por completo. Algo que não se percebe facilmente. Detalhes. Geralmente as pessoas sutis não justificam seus atos. Elas simplesmente, fazem. Elas simplesmente dão "bom dia" e logo perguntam se você está bem, não porque é conveniente, mas porque se importam. Todo momento é o momento, toda pessoa é a pessoa. Elas cumprem os rituais estabelecidos pela civilidade, mas com a ponta dos dedos. Preenchendo-os. Com importância sentimental. Informal. Abraço.

É bom que possamos rever dois termos tão importantes que dizem muito sobre as pessoas para nós. Um de comportamento de massa outro de comportamento de poucos. É bom que possamos rever pra identificarmos as "agulhas no palheiro", os pequenos milagres cotidianos e sermos abençoados por eles. É bom que a gente não confunda, é bom que a gente preencha o que é só forma, é bom que a gente enxergue.

Aquela tigela poderia conter apenas uma colher - já que eu não gostava de açaí - mas aquelas duas colheres não me convidaram apenas para experimentar outra vez o sabor da fruta, mas para enxergar a sutileza do que poderia ser mera formalidade. E eu te digo caro leitor, aquelas duas colheres mudaram a minha vida ... ;)


Thaís Almeida

Eu sou Thaís Almeida. Uma colcha de retalhos costurada pelo tempo. Nunca fui a minha idade, sempre fui minhas experiências. Espero que você se encontre aqui. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @destaque, @obvious //Thaís Almeida