desmistificador de dálias

“inventar vida de onde [talvez] nunca saiu sequer um sopro de ar”

J. Douglas Alves

Escritor, cinéfilo, Pedagogo, Mestre em Educação e Desmistificador de Dálias.

Eduardo Marinho - Obra

Apresento a seguir um pouco da obra do grande artista Eduardo Marinho, também conhecido como "filósofo de rua". Através de sua arte ele toca a mente e, principalmente, o coração de muitas pessoas. Aprecie melhor o seu trabalho e permita-se sentir...


00. Eduardo Marinho.jpg

Serigrafias - com base em desenhos a nanquim

"São impressões manuais. O processo serigráfico é anterior à fotografia, um ancestral próximo. O desenho é feito numa transparência, como o papel vegetal, com uma tinta nanquim espessa, própria para barrar a luz. Um náilon fino é esticado e tensionado em uma moldura de madeira, preso com um grampeador. Sobre esse náilon é passada uma fina camada de uma emulsão, que tem cheiro de cola branca comum, previamente misturada com sensibilizador ótico, para torná-la sensível à luz, quando secar. Por isso, a secagem se dá no escuro, para não queimar. O desenho é posto sobre um vidro que tem, embaixo, lâmpadas apagadas. A tela, bem seca, é colocada em cima do desenho, com um pano escuro por cima e um peso plano que cubra toda a área do desenho, pressionando o náilon sobre o vidro, "sanduichando" o desenho com aperto. Aí se acende as lâmpadas, a luz atravessa o vidro e a transparência e queima a emulsão, tornando impermeável. O nanquim, impedindo a passagem da luz, não permite que a emulsão queime nas áreas desenhadas, deixando-a solúvel em água apenas nos traços do desenho. Depois da queima, lava-se a tela, com um jato de água, e a emulsão revela o desenho, sendo diluída e saindo nos lugares desenhados. Está pronta a matriz para as impressões, com tintas à base de água - para papel ou tecido. Para imprimir, basta pôr a tela sobre o papel e tinta própria pra papel na tela, num espaço não desenhado e, portanto, impermeável. Com um rodo de borracha, passa-se a tinta sobre o desenho vazado e ela se imprime no papel, reproduzindo exatamente o desenho, em preto e branco." (Eduardo Marinho)

Aos que desejem obter um ou mais trabalhos, feitos à mão, em artes e reproduções, basta entrar em contato pelo e-mail: [email protected] - entrega por correio.

Você pode conferir mais de seu trabalho em Observar e Absorver, o blog que ele mantém e compartilha seu pensamento.

Abaixo, algumas de suas obras:

01. Gandhi.jpg Gandhi

"Não há caminho para a felicidade; a felicidade é o caminho"

"É preciso ser a mudança que desejamos no mundo"

"O mínimo a fazer é sempre o melhor possível"

"A Verdade é dura como o diamante e delicada como a flor do pessegueiro"

02. Einstein.jpg Einstein

"Não é possível alcançar as leis elementares do universo apenas com a razão; é preciso usar a intuição"

"Além da matéria, há algo inexplicável"

"Uma mente que se abre a uma nova experiência, jamais retorna ao seu tamanho original"

"No meio da dificuldade, encontra-se a oportunidade"

A tradição é a personalidade dos imbecis"

03. Raul Seixas.jpg Raul Seixas

"Vivo a viver a vida, no segundo e no instante. Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo"

04. Bob Marley.jpg Bob Marley

"Nós lhes construímos escolas, casas e hospitais; vocês nos constróem prisões"

"Quem segue todas as regras acaba perdendo a diversão"

05. Sartre.jpg Jean-Paul Sartre

06. Bertold Brecht.jpg Bertold Brecht

07. por tão poucos pb 01.jpg

07. por tão poucos pb 02.jpg "Por tão poucos terem tanto é que tantos têm tão pouco"

08. O Povo.jpg

08. População Colorida.jpg O Povo

09. Observar e Absorver.jpg Observar Absorver

10. integrar dos povos.jpg Integração dos povos

11. Poço é lição.jpg Poço é Lição

12. Falhas próprias.jpg Falhas Próprias

13. Bandeira.jpg Bandeira

14. Feminino.jpg Feminino

15. obs-abs 1.jpg Observar Absorver

Estas são algumas das obras do Eduardo Marinho. Gostou? Compartilha, é a melhor forma de levarmos o pensamento adiante... Em breve, um post sobre um pouco do pensamento dele.


J. Douglas Alves

Escritor, cinéfilo, Pedagogo, Mestre em Educação e Desmistificador de Dálias..
Saiba como escrever na obvious.
version 12/s/artes e ideias// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //J. Douglas Alves