diana ribeiro

Gosta de cores, comer algodão doce, ouvir as ondas do mar, cheirar e tocar em livros novos. Não dispensa o uso de nenhum dos sentidos.

À noite…na livraria

Afinal nem só os museus ganham vida à noite. A livraria Type, em Toronto, parece registar umas movimentações estranhas ao anoitecer.


livraria_animacao_1.jpg

Se estava a pensar candidatar-se a guarda de museu com o intuito de conhecer alguma figura histórica ou assistir a grandes revoluções passadas, saiba que passar a noite numa livraria também pode surpreendê-lo.

Durante quatro noites, o director de arte Sean Ohlenkamp e vários voluntários, captaram o ambiente da Type, na cidade de Toronto. Da brincadeira entre o conjugar das cores, formas, imagens e posições dos próprios objectos da livraria, criaram a animação “The Joy of Books”. Sean quis revelar o lado mágico e divertido, de um sítio calmo e organizado ao anoitecer.

A stop-motion já possui milhares de visualizações no youtube graças ao poder de nos fazer imaginar o que aconteceria, se os livros ganhassem mesmo vida. O autor deixa ainda um recado junto ao vídeo: “So who wants to help us do the Library of Congress next? :)”


diana ribeiro

Gosta de cores, comer algodão doce, ouvir as ondas do mar, cheirar e tocar em livros novos. Não dispensa o uso de nenhum dos sentidos. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/Artes e Ideias// @destaque, @obvious //diana ribeiro