dinozes

É tudo tanto...é tanto sentir! - arte, música, literatura, vida e pés descalços -

Talita Nogueira

Talita Nogueira é advogada e escreve para a Obvious Lounge. Curiosa, amante dos acasos, meio peixe, meio borboleta, meio pedra, meio palavra. Alma extraterrestre, ama tudo aquilo que não conhece muito bem, e escreve pra que a corrente não caia e a bicicleta amarela siga caminho.

Desistir é preciso!

Ah, não, por favor! Fuja, desista, esconda-se embaixo da cama. Você pode. Não vivemos no jogo do “vamos ver quem sofre mais”.


DSC04907-001.JPG

Às vezes dá aquela vontade, mergulhada na angústia, de virar as costas. É muito simples, é covarde, é fraqueza por demais da conta, não é amigo? Não é não. É preciso o dobro de coragem pra dizer não para aqueles livros de autoajuda de leitura desesperadora. Na real, ninguém precisa encarar tudo de frente, mergulhar de peito aberto, chorar de cabeça erguida, maltratar o coração, só pra dizer depois, com a alma aos pedaços: Eu não desisti. Ah, não, por favor! Fuja, desista, se esconda embaixo da cama. Você pode. Não vivemos no jogo do “vamos ver quem sofre mais”. Chega dessa história de que sofrimento é remissão, de que sacrifício, necessariamente, vem seguido de recompensa. Não vem não, hein? Nem sempre. Chega dessa história de que Deus ama os oprimidos, os fracos, os necessitados. Deixa essa coisa de chorar na cruz pra Jesus, meu bem. Coisa mais retrô! Chega dessa história de que “eu sofri muito pra chegar aqui”. A que custo? Qual é o preço do teu sonho? Dez anos de sacrifício pra conseguir um emprego público? E agora? Tá feliz? Foi feliz na caminhada? Ninguém nasce pra catar pedras no caminho; a gente nasce é pra deitar na grama! Se achar uma pedra, meu amor, colecione, mas não se jogue no pedregulho, por favor! Talvez, por isso, nunca tive paciência pra assistir lutas corporais. Tem coisa mais sem sentido? Fortaleza não é resistência à dor. Fortaleza é inteligência, é não adotar o sonho dos outros, é a sensatez de tentar quando sentir vontade, desistir quando sentir vontade, mudar de sonho, mudar de horizonte, ignorar o óbvio, virar as costas e entrar em outra porta, mesmo que escura, mesmo que estranha, sempre que sentir vontade. O problema não é seguir em frente, até porque se dermos as costas pra algo, um mundo novo nos surgirá, e ai será um novo olhar e uma nova frente. Aproveite as curvas, as ladeiras, as subidas, os retornos. Linha reta é suicídio, é assassinato do espírito, e, além do mais, não tem a mínima graça. E parem de perguntar pras crianças o que elas querem ser quando crescerem. As crianças tem vontades pra hoje, inventam hoje, desistem hoje, começam e terminam hoje. É preciso educá-las, sim. O mundo pede. Exige. Mas, por favor, não contem a elas que estão sendo treinadas pro futuro, que ela vai ter que ser alguém, que existe uma guerra, que existe um mercado, que ela precisa vencer. Ela vai descobrir tudo isso sozinha. Todo mundo vai ser alguém, um dia. Todo mundo já nasce e se constrói alguém e experimenta muitas faces desse alguém durante a vida. Não treine ninguém pra guerra e pare de achar que está dentro de uma, na luta eterna de meu deus. Tudo é mais simples do que parece ser. Saiba: ninguém nasceu pra ser; não tem que ser; não “é o jeito”; não “é assim mesmo a vida”. Tudo são possibilidades. As portas de entrada são as mesmas de saída. É só mandar um beijo e virar as costas. Eu sei que isso tá parecendo mensagem de autoajuda, mas não é, tá? Se quiser mergulhar no pedregulho e agradecer aos céus pela oportunidade de quebrar pedras, fique bem à vontade. Foi bom conhecê-lo, amigo. Mas, se é isso que você quer, não vou poder ficar, tá? Já virei as costas pras pedrinhas de Drummond há muito tempo.


Talita Nogueira

Talita Nogueira é advogada e escreve para a Obvious Lounge. Curiosa, amante dos acasos, meio peixe, meio borboleta, meio pedra, meio palavra. Alma extraterrestre, ama tudo aquilo que não conhece muito bem, e escreve pra que a corrente não caia e a bicicleta amarela siga caminho..
Saiba como escrever na obvious.
version 57/s/sociedade// @obvious //Talita Nogueira
Site Meter