encruzilhada

O encontro entre o admirável, o erudito e o simplesmente interessante

Sandro Marcos

Viciado em atenção e notívago inveterado, simplesmente não vive sem a multiplicidade de culturas e conteúdos! Multiplicidade esta que expressa através de incursões pelos mundos da música, poesia, literatura e do amor verdadeiro.

Posts da Encruzilhada no seu email: http://bit.ly/1h82eCv

San Gimignano, uma viagem à Idade Média

San Gimignano, uma pequena cidade italiana de 7150 habitantes que mantém preservada a arquitetura, alguns costumes e toda a aura da era medieval.


San_Gimignano_piazza_cisterna_1.jpgPiazza della Cisterna

É curioso o encantamento que as localidades, histórias, estudos e "atmosferas" medievais em geral possuem sobre pessoas de diversos países, raças e credos. Ao longo de nossas próprias histórias de vida e da história de nossas sociedades este fascínio só fez aumentar sua capilaridade, força e segue expandindo-se em passos largos todos os dias. Afinal, quem já não se viu envolvido por lendas como a do Rei Arthur e os cavaleiros da Távola Redonda? Sem falar no fenômeno chamado J.R.R. Tolkien com seu mundo imaginário fantástico e ambientado numa verdadeira atmosfera medieval. Este tipo de aventura ainda fascina e na vida real não deixa de entreter e deixar boquiabertos quem visita regiões preservadas com este visual e esta cultura. E uma pequena comuna, localizada na Itália, serve de perfeito exemplo para que se compreenda mais sobre este encanto e seus motivos, estejam na arquitetura, na história ou onde mais as mentes dispostas queiram permitir.

Vielas.JPGVielas estreitas

A comuna em questão chama-se San Gimignano, um pequeno pedaço de fantasia, considerada patrimônio mundial pela Unesco, situada numa colina a 334 metros de altura, na região da Toscana, província de Siena. Tendo sido uma vila etrusca anteriormente, começou sua história como cidade no século X, herdando o nome do bispo de Modena, St. Gimignano que dizem ter livrado a cidade de hordas bárbaras.

san-gimignano-areal-view-7718.JPGPiazza della Cisterna vista de uma das torres

São deslumbrantes as 14 torres (restantes de mais de 70 que havia em 1325) de pedra que despontam da cidade, que em 1348 teve sua população drasticamente reduzida pela Peste Negra. Sua arquitetura medieval muito bem preservada é enaltecida por monumentos históricos de encher os olhos, tudo sempre amparado pela aura da idade média que paira sobre a cidade ainda hoje. Para conhecer seu interior somente à pé, estacionando-se os veículos do lado de fora de seus portões e adentrando a antiga vila caminhando. Uma vez lá dentro, passando pelo portal principal (a Porta de San Giovanni) a paisagem urbana é permeada por vielas estreitas, construções de pedras e argamassa num tom marrom envelhecido que dá a sensação de se ter voltado no tempo.

san-gimignano-cathedral-sqare-8592.JPGLargo da Catedral

Algumas das grandes torres chegavam à medir 50 metros de altura foram construídas no passado como símbolo de poder e riqueza dos nobres daquelas terras. San Gimignano é muito procurada por turistas e famosa por ter

Com certeza é um desafio visitar esta cidade ou algumas como esta sem sentir-se um personagem ou simples transeunte de histórias e lendas ou filmes como Coração Valente, Excalibur ou mesmo do desenho Shrek!

san-gimignano-historic-centre-8618.JPGCentro Histórico

san-gimignano-historic-centre-8631.JPGDetalhe da arquitetura

san-gimignano-8603.JPGArquitetura medieval

san-gimignano-city-gate-8471.JPGPortão da cidade


Sandro Marcos

Viciado em atenção e notívago inveterado, simplesmente não vive sem a multiplicidade de culturas e conteúdos! Multiplicidade esta que expressa através de incursões pelos mundos da música, poesia, literatura e do amor verdadeiro. Posts da Encruzilhada no seu email: http://bit.ly/1h82eCv.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 1/s/recortes// @obvious, @obvioushp //Sandro Marcos
Site Meter