encruzilhada

O encontro entre o admirável, o erudito e o simplesmente interessante

Sandro Marcos

Viciado em atenção e notívago inveterado, simplesmente não vive sem a multiplicidade de culturas e conteúdos! Multiplicidade esta que expressa através de incursões pelos mundos da música, poesia, literatura e do amor verdadeiro.

Posts da Encruzilhada no seu email: http://bit.ly/1h82eCv

As mais incríveis vilas do mundo: primeira parte

Aprenda um pouco e se impressione muito com estas incríveis vilas espalhadas pelo globo. Sensacionais pelo visual, costumes e o que mais sirva como elemento para qualificar e descrever estes lugares definitivamente únicos!


Popeye_Village.jpgPopeye Village, de set de filmagens a museu a céu aberto.

Calor, tempo que escapa aos sentidos e ao controle daqueles que o enfrentam. Engarrafamentos, horas para chegar ao trabalho e, o que é muito pior, mais horas para voltar para casa. Banho, jantar, sonolência irresistível e cama. Não se preocupe, amanhã tem mais desta rotina.

Receba os artigos da Encruzilhada por email.

A descrição do cenário no parágrafo anterior, um relato tão real quanto praticamente apocalíptico, serve para que a mente de todos seja quase forçada a desejar estar num dos lugares de que se trata este artigo. Hoje falamos de locais um tanto bucólicos, outro tanto simples e de vida pacata. Alguns outros interessantes por serem visualmente incríveis. As mais belas vilas do mundo, rodeadas por cenários - agora sim - paradisíacos de uma ou outra forma (ou pouco comuns) e permeadas por modos de vida peculiares, mas nada extravagantes. São rotinas que vão da pesca ao cultivo de lavouras, da culinária tradicional a uma disfarçada e despreocupada especialização em receber turistas.

02.jpgPopeye Village: casas de madeira.

E ao falar de pequenas vilas torna-se tentador começar pela Popeye Village, com suas casas rústicas e "cartunescas" feitas de madeira - madeira esta que teve que vir da Holanda, pois não não existem florestas lá. Localizada na baía Anchor da ilha de Malta, no mar Mediterrâneo, A Popeye Village foi construída para ser localidade de um filme do herói Popeye estrelado por Robin Williams em 1980. Terminado o filme a vila permaneceu "viva" como um parque temático e museu ao ar livre, aberto o ano todo e que oferece ainda shows regulares onde se pode encontrar o astro que dá nome à vila, Olívia, Brutus e muitos outros personagens. A vida real acontece lá, apesar de um tanto fantasiosa...

Hallstatt-Austria.jpgHallstatt.

Hallstatt - 02.jpgHallstatt.

Outra vila sensacional e charmosa até não poder mais é Hallstatt, na Áustria. Ela fica às margens do lago Hallstätter See e no censo de 2001 foram contabilizados 946 habitantes. Obviamente a vila é destino de muitos turistas em busca de opções além de Viena para viajar no país, mas Hallstatt traz algumas particularidades bem interessantes. Por exemplo, fica lá a primeira mina de sal do mundo e a atividade humana na região data de mais de 2 mil anos antes de Cristo; isto é um fator tão relevante que um dos períodos da Idade do Ferro é conhecido como "Idade de Hallstatt", marcando a transição entre Bronze e Ferro. Impossível não se apaixonar por um lugar de história tão rica e visual arrebatador não é? É!

Kona.jpgVilarejo na região de Kona, Mali. Yann Arthus-Bertrand.

Parte nossa expedição virtual e imaginativa agora para um destino um pouco mais quente e com uma paisagem muito diversa do mostrado até aqui: desembarcamos em Mali, numa região de vários vilarejos chamada Kona, nos bancos de areia do rio Niger. Um local de sobrevivência complicada tanto devido à pobreza quanto a conflitos diversos na região, Kona tem cerca de 24 vilas. A população total da região - que tem mais de 800Km² - é de pouco menos de 40 mil habitantes. A vista aérea sem dúvida é deslumbrante desde que insensível à situação de vida dos habitantes do local. Afinal é uma região de constantes entraves bélicos; inclusive em 2013 Kona foi capturada por muçulmanos.

Riomaggiore, Italy.jpgRiomaggiore, Itália. Foto por: James Brandon.

o-187369222-900.jpgRiomaggiore, Itália.

Muito bem, hora de falar de uma das mais belas dentre estas vilas maravilhosas: Riomaggiore, Itália. Esta comuna da região da Ligúria, província da Spezia tem pouco menos de 2 mil habitantes e é mesmo um convite a mudar-se para lá! A história da vila remonta ao século VIII, quando a população do entorno do vale Vara procurava por um local com clima mais ameno para plantar uvas e olivas. Os habitantes acabaram se estabelecendo no local e a vila foi subindo as rochas e a cada dia vendo o mar mais de cima e mais livre da preocupação com a pirataria. É um visual hipnotizante o casario de rochas com as fachadas coloridas e telhados de ardósia.

PSfeqc3.jpgSar Agh Syed, Irã. Foto por: Mohammadreza Momeni.

4mahal-3-92-10.jpgSar Agh Syed, Irã.

Terminando esta primeira parte da "viagem" conheceremos um vilarejo iraniano chamado Sar Agh Syed, localizado entre Chahar Mahal e Bakhtiari. Habitado por curdos, a vila foi erguida colina acima e tem cerca de 2 mil habitantes. De fato, são casas bem rústicas e pobres, entretanto de um visual inacreditável. Parece saída de Star Wars; e este não é um comentário depreciativo, totalmente pelo contrário!

Não deixe de acompanhar a série de postagens sobre estas incríveis vilas. Na segunda parte chegaremos ao extremo oriente e talvez o Brasil finalmente apareça. Não se esqueça de assinar nosso Feed RSS para que receba os artigos da Encruzilhada por email.


Sandro Marcos

Viciado em atenção e notívago inveterado, simplesmente não vive sem a multiplicidade de culturas e conteúdos! Multiplicidade esta que expressa através de incursões pelos mundos da música, poesia, literatura e do amor verdadeiro. Posts da Encruzilhada no seu email: http://bit.ly/1h82eCv.
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Sandro Marcos