entre a loucura e a razão

Por que para ser considerado normal, deve-se estar entre os extremos da racionalidade e insanidade.

Prescila Rizzardi

Uma leitora compulsiva, cinéfila por natureza e amante de todas as formas de arte

HERÓIS COTIDIANOS EXISTEM!

Há um tempo venho acompanhando mais de perto esse tal de Universo Marvel, me perdoem aqueles fãs enlouquecidos por esse tema, mas nunca entendi muito bem qual o fascínio em torno dos Super Heróis... Até que vendo um desses filmes recentemente, acredito que encontrei a resposta, as pessoas buscam acreditar que ainda existam pessoas que lutam pelo próximo e ainda assim são capazes de possuir defeitos e qualidades, assim como nós meros Seres Humanos desprovidos de superpoderes. Se olhar mais de perto vai encontrar esses heróis representados pela Marvel em nosso dia a dia, heróis cotidianos existem sim, só temos que olhar atentamente para eles.


vingadores.jpg

Para você leitor, darei um breve resumo de três dos Super Heróis que podemos encontrar em nosso cotidiano, a historia do capitão America, por exemplo, “um rapaz franzino e com problemas de saúde, que deseja de qualquer forma participar dos esforços estadunidenses para vencer a Segunda Guerra Mundial”. Ao ter seu alistamento recusado por sua saúde debilitada, ele entra para o projeto o super soldado, tornando um ser debilitado como Steve Rogers em um superatleta musculoso, forte, veloz e ágil. ’’ A partir daí nasce um super herói! Ok, a história tem um fundo bem altruísta, mas quantas pessoas reais sofrem dificuldades por não se enquadrarem no perfil?! Confesso que ele não é meu herói favorito, mas a lição contida na historia do capitão America é bem clara, não desistir, e ele não desistiu e em uma forma “meio surreal” (diga – se de passagem), conseguiu ajudar os outros. Quantos heróis cotidianos encontramos na vida real e que apesar de todas as chances não desistiram?!

Tony Stark, o Homem de Ferro, é aquele Super Herói que o dinheiro comprou, controverso e possuidor de um grande ego, devido ao seu estilo de vida sendo sempre muito privilegiado, tão cheio de defeitos que é quase um anti-herói, mas ao mesmo tempo tão real quando qualquer Ser Humano. Sua armadura foi projetada para sua proteção depois de um acidente sofrido, esse personagem me fascina de certa forma, pois quantos heróis sofrem acidentes e são obrigados a usar próteses e afins, o Homem de Ferro luta por todos com ajuda de sua Super Armadura, e as pessoas reais lutam por elas mesmas, e de forma incrível superando pequenos desafios, mas que tem um enorme significado.

capitaovshomem_1-650x400.jpg

Outro personagem muito conhecido é o Hulk “o selvagem e poderoso alter ego do Dr. Robert Bruce Banner, um cientista que foi atingido por raios gama e ao invés de padecer pela radiação, foi condenado a uma vida compartilhada com o seu lado mais obscuro”. Diga-me qual ser humano não está em uma luta constante entre seus dois lados, é uma luta diária, eu passo por isso, você que está lendo esse texto e muito provavelmente algum conhecido seu também, então podemos até não nós transformarmos em um mostro verde descontrolado que possa assustar alguém ou destruir Nova York, mas todos podem compreender essa luta do nosso incrível Hulk, afinal, nosso lado selvagem sempre vai estar presente, assim como o dele. Inúmeros são os outros personagens como Thor, Homem-Aranha, Homem-Formiga, Pantera Negra, Viúva Negra... Dentre muitos outros, citei apenas alguns até por que são tantos e seria necessária uma série de textos apenas para descrevê-los.

the_avengers__bruce_banner__the_hulk_wallpaper_by_rainbowplays1-d5dawtb.jpg

Mas essa breve analogia entre heróis da Marvel e heróis reais é apenas para fazer você que está lendo este texto perceber que nosso cotidiano é repleto de pessoas que lutam pelo bem uma das outras, e por elas mesmas também, como uma pessoa que se voluntaria, ou aquele que abriga um animal abandonado, quando simplesmente alguém se importa com o outro, quando fazemos isso estamos tendo atitudes dignas de Super Heróis, pois a essência deles nós temos, por mais que às vezes seja difícil acreditarmos... O maior superpoder é nossa própria força interior. Peço desculpas antecipadamente a todos os fãs de Super Heróis, mas essa foi só minha humilde opinião sobre exemplos que encontramos na vida, isso não quer dizer que não ache Super Heróis incríveis, mas hoje consigo entender um pouco mais do que envolve esse universo.


Prescila Rizzardi

Uma leitora compulsiva, cinéfila por natureza e amante de todas as formas de arte.
Saiba como escrever na obvious.
version 4/s/recortes// @destaque, @obvious //Prescila Rizzardi