entre meios

que vão do lapso à memória

Priscila Yamany

o mundo entre telas, versos, notas musicais, páginas, capítulos e livros pode sim ser mais envolvente que aqui.

Receita: a leitura nossa de cada dia

A leitura literária vai além de momentos prazerosos. O contato com a arte escrita tem o poder e a capacidade de transformar qualquer pessoa. E a receita é bem simples.


leitura-receita.jpg

Ingredientes:

- 01 livro;

- Gênero à escolha;

- Páginas a gosto;

- Criatividade sem limites;

- Uma dose da sua bebida preferida;

- Um lugar tranquilo e acolhedor.

Modo de Preparo No lugar tranquilo e acolhedor, abra o livro, sirva a sua bebida preferida e relaxe. Folheie as páginas passando os olhos em cada palavra pausadamente. A cada nova frase, deixe se envolver pelos personagens.

No decorrer dos capítulos, solte a sua criatividade e a sua imaginação. Deixe fluir. Depois de alguns minutos, a sensação de bem-estar chegará de mansinho. Novos amigos surgirão e a impressão de inseparabilidade tomará conta do seu ser.

Quando os compromissos ou o sono chamarem, feche o livro, sem se esquecer de que ele permanecerá com você até as páginas serem abertas novamente. Na volta, reconte todas as frases e capítulos lidos até então. Mate a saudade dos seus personagens com a sua imaginação.

Repita o processo diariamente até findarem as linhas. Neste instante, respire fundo, embriague-se, emocione-se e diga adeus. Embora este aparente último fechar do livro seja feito com pesar, saiba que tudo o que foi vivido entre aquelas páginas não será esquecido facilmente. O resultado? Um enriquecimento cultural e intelectual sem tamanho.

Se gostar, volte atrás, comece a ler de trás para frente. Vá ao seu capítulo ou frase favoritos. Tome notas das passagens que mais te tocaram. Para repetir o processo, basta pegar um novo livro e começar tudo de novo.

Benefícios Durante a leitura, algumas sensações serão provocadas, dependendo do gênero escolhido. Independente disto, com o tempo, será possível perceber:

- Escrita aprimorada. Quanto mais se lê melhor se escreve;

- Memória aguçada, assim como a imaginação e a criatividade;

- Maior sensibilidade em relação ao mundo e às pessoas;

- Mais facilidade em compreender as pessoas e as coisas da vida;

- Capacidade de criar os seus próprios benefícios.

Contra-indicações Nenhuma.

Qualquer pessoa pode e deve fazer uma boa leitura. Basta começar pelo começo: lendo! Além disso, é válido lembrar que cada um pode criar a sua própria receita. Os ingredientes podem variar, de acordo com o gosto e a personalidade do leitor. Sem contra-indicações, com poucas chances de rejeição.

Boa leitura!


Priscila Yamany

o mundo entre telas, versos, notas musicais, páginas, capítulos e livros pode sim ser mais envolvente que aqui..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @destaque, @obvious //Priscila Yamany