entre parênteses

O principal fica sempre protegido. Entre parênteses ou dentro do peito

Najara Gomes

Sinto como se o meu coração fosse uma gaveta enorme, que cabe tudo, desde miudezas até chumbo.

Deixe partir quem não quer ficar, deixe chegar quem vai te fazer bem

Quem ama sozinho, chora por dois.


tumblr_lm7g1iGhfF1qkcxuco1_500_large.jpg

Quando a gente se envolve com alguém, fazemos um laço tão forte que depois fica difícil soltar. Mas se tem algo que devemos aprender, é nos desfazer dos nós que só estão presentes para sufocar. Mesmo sabendo que vai doer e vamos abrir um vazio que vai ecoar saudade por muito tempo, é nosso dever abrir espaço para quem quer somar na nossa vida.

O “abrir espaço” não serve apenas para dar a oportunidade de uma substituição. Jamais devemos pensar que só seremos feliz se tiver uma mão segurando a nossa. Porém, quando estamos fixados em nos desdobrar para manter alguém que já desistiu há tempo ao nosso lado, estamos nos fechando para qualquer outra chance que poderia aparecer. E não existe nada mais injusto com nós mesmos do que não nos permitirmos abrir todas as portas que a vida coloca no nosso caminho, apenas para tentar entrar à força na única que está trancada.

Se alguém demonstrou que não te quer, não existe divina providência que possa mudar isso. E insistir, se doar, tentar novas maneiras, novas frases, atitudes; só faz você cavar um buraco cada vez mais fundo e difícil de sair. Aprenda a jogar o livro fora quando já não tem mais nenhuma página em branco para ser escrita. É preciso aceitar o fim e principalmente, a inexistência de uma continuação.

Quem ama sozinho, chora por dois.

Desista da obsessão e habitação no passado. Olhe em volta, perceba como tudo ainda está inabitável e repare em todas as opções de novos caminhos. Nosso coração é forte, consegue sobreviver aos finais, ainda que pareça que vai se encolher. O que ele não aguenta são as constantes tentativas de se espremer para se encaixar onde não cabe, onde não há espaço. Então, que tenhamos a decência de não nos diminuirmos para permanecer na vida de quem não nos guarda.

Vai sempre existir um outro alguém, uma nova música, um outro primeiro encontro. Mas pra isso é necessário se desprender de quem não te impulsiona para o futuro. Soltar os laços, avançar o caminho e se dar a chance de viver uma nova história que não machuque. É o mínimo que se espera de um amor, então não existe motivo para aceitar menos. O coração aguenta e melhor, se fortalece em cada recomeço.

Recomece.


Najara Gomes

Sinto como se o meu coração fosse uma gaveta enorme, que cabe tudo, desde miudezas até chumbo..
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/recortes// @obvious //Najara Gomes
Site Meter