entre.linhas

Entrelaçando as linhas do texto que nos (re)veste.

Rita L.M.

Quanto à escRITA, metade dela sou eu. Juntas seguimos, entrelaçando mensagens que (re)vestem vidas

(C) ORAÇÃO

Depois de 1 ano da tragédia que interrompeu a vida de 242 jovens, a fiscalização e os órgãos competentes brasileiros ainda não garantem a saída com vida das casas noturnas. Mas, em fevereiro , quando o recesso dos deputados acabar, quem sabe o cenário seja outro, e com mais vida.


pais e filhos (12).jpg

Partindo do pressuposto de que há mães e mães - logo, pais e pais - , uma coisa é fato: os filhos são a maior preciosidade que os pais podem ter. Desta forma, eles [os filhos] são criados – dentro das possibilidades de cada família - com tudo do bom e do melhor; por vezes , por muitas vezes , os pais deixam de ter algo para realizar o desejo de seus rebentos.

Valores, princípios, saúde, educação, moradia, lazer: componentes que permeiam o dia a dia daqueles que geraram mais uma vida; uma vida que veio para ser reconhecida e para ter sucesso em tudo que fizer. Proteger seus filhos é o brasão que os pais trazem no peito bem perto do coração. Sim, eles [agora os pais] defenderão sempre com unhas e dentes a sua cria.

pais e filhos (9).jpg

Os filhos nascem , crescem , amadurecem e nunca deixam de ser quem são para seus pais. A mesma preocupação dos pais se o filho dormiu bem , comeu direito, está gozando de boa saúde é independente da faixa etária ou estado civil; mesmo porque - para os pais – aquele ser será sempre o seu filhote amado.

Amor incondicional e diferente de todos os já vividos: esse elo é uma marca entre pais e filhos que entendem bem suas posições dentro da instituição chamada família. Esse sentimento inexplicável que movimenta a vida e faz superar as dificuldades, é o mesmo que – na ausência de – pode desestabilizar, destruir, perder a vida que foi gerada.

Não basta educar bem. A idiossincrasia entre pais e filhos é essencial. Olhar e realmente ver quem ali na frente está; respeitar o ser único e ser exemplo, espelho; abraçar para acolher; beijar para sentir: é essa simbiose entre os pais e os filhos que permitirá ver o voo de maneira menos dolorosa.

pais e filhos (7).jpg

Segundo as palavras de Nietzsche, nossos filhos não são nossos, eles são filhos da vida ansiando pela vida. Os filhos , assim como os pais, têm sonhos; vontades. Por vezes, diferentes, mas com vontades e sonhos pulsando. Pulsando tão forte que os impulsionam a se permitir: um entra com as asas [os pais], e o outro [o filho] com o voo ora mediano, ora alto; porém, voo.

O coração fica apertado, batendo mais forte; nasce um sentimento estranho e esquisito nas entranhas da mãe e agora também do pai. Mas como e para que segurar a sua cria? Não. Os pais não podem impedir o voo de seu filho, mesmo porque todos voaram [voarão] um dia. Inseguranças, medos, ansiedades, amores e dissabores são elementos que tornam tudo tão difícil entre as partes envolvidas...

Ser mãe e pai – juntos ou separados – não é fácil, porém é necessário deixar os filhos errarem e acertarem ao longo de seu crescimento, de sua vida. Ambos precisam confiar na educação dada e recebida. Voou, caiu e quebrou a asa? Os pais deverão estar prontos para fazer os curativos, aquecer o coração, ajudar a levantar e incentivar os novos voos. Voou na direção contrária? Ajude a mudar a rota; a vida.

pais e filhos (5).jpg

E quando queimam as asas do filho? O que fazer? Como clamar por justiça num país que a tragédia vira notícia – sensacionalismo - por dias e depois é esquecida, deixando a dor como companhia somente para aqueles que perderam seus entes queridos?

A balada do dia 27 de janeiro de 2013, na Boate Kiss , em Santa Maria, era para ser ótima, mas o desrespeito a normas - de prevenção e de combate a incêndio - dos donos e da fiscalização local fez o riso virar pranto. Os brasileiros ficaram comovidos com a dor de uma tragédia; não se falava em outra coisa a não ser sobre a morte de 242 jovens e a preocupação com os quase 630 feridos. A corrida da fiscalização a casas noturnas foi imediata e rigorosa. Algumas foram fechadas por irregularidades, outras interditadas e reabertas depois de alguns dias.

As chamas da revolta brasileira foram amenizadas até sumir no ar como fumaça. Apenas para os familiares que estiveram envolvidos diretamente nesse drama, o fogo ainda queima, deixando dores fortes e muitas feridas. São eles que ainda lutam por justiça e sofrem com a perda do bem mais precioso que os pais podem ter: seus filhos.

Passado 1 ano da tragédia na Boate Kiss, ainda não há no Brasil uma Lei Federal de prevenção e combate a incêndio em casas noturnas, colocando, assim, os jovens brasileiros à disposição da morte. A vistoria e fiscalização a bares, boates e casas de shows ainda são responsabilidade dos governos estaduais e prefeituras; e em cada cidade os procedimentos são diferentes. Já está tramitando no congresso um projeto que juntou várias propostas com regras ainda mais rígidas com o objetivo de unificá-las em todo o Brasil; entretanto, o texto só será votado depois do fim do recesso dos deputados , no início de fevereiro.

pais e filhos (8).jpg

A nova lei, pautada nas normas já existentes e elaboradas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), afirma que – além de as vistorias serem mais frequentes – as prefeituras e os órgãos estaduais terão um prazo limite para entregar a documentação necessária para os alvarás. A ABNT defende, ainda, que as normas sejam constantemente atualizadas, conforme surgirem novas técnicas.

O projeto apresenta detalhes importantes, tais como a sinalização de saída de emergência que precisa ser clara e visível; os extintores de incêndio que devem estar em locais de fácil acesso como corredores e passagens – importante ressaltar que os mesmo não podem ser instalados em escadas e muito menos trancados dentro de salas - ; bem como a quantidade de portas de saída que deve ser compatível com a quantidade de pessoas no ambiente. E ainda: deverá estar em local visível – de preferência na entrada do estabelecimento – o alvará de funcionamento e a ocupação máxima da casa. Passa a ser crime a superlotação, e para isso a denúncia deve partir dos próprios clientes.

pais e filhos (13).jpg

Os pais vivem com o coração nas mãos quando seus filhos passam pela porta que os protegem do mundo que existe fora das quatro paredes do lar. Independente da crença, a oração é o único conforto até que a mesma porta que foi fechada se abra novamente. Com um aperto no peito, o coração dos pais bate mais forte, seja pelas incertezas dos voos ou por saber que o voo pode ser interrompido a qualquer momento; e eles clamam aos seus deuses pela proteção divina, pois só se pode confiar na base familiar, a qual não comunga do descaso social e político do Brasil.

E pais e filho seguem caminhando como se não houvesse amanhã.


Rita L.M.

Quanto à escRITA, metade dela sou eu. Juntas seguimos, entrelaçando mensagens que (re)vestem vidas .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Rita L.M.