entre.linhas

Entrelaçando as linhas do texto que nos (re)veste.

Rita Manzano

Quanto à escRITA, metade dela sou eu. Juntas seguimos, entrelaçando mensagens que (re)vestem vidas

O abstrato quase concreto de Kim Keever

Ex-engenheiro da NASA, Kim Keever é um artista único em sua técnica. Ele faz arte com tintas mergulhadas em águas que são um espetáculo aos olhos. Nascido em 1955, em Nova Iorque, admira o artista Roxy Paine, adora saborear um Jack Daniel’s e, também, tem um talento escondido: compõe músicas.


abstrato quase concreto  (3).jpg

Kim Keever só precisa de um tanque com aproximadamente 200 litros de água, de garrafas reaproveitadas de sabão de lavar louça que armazenam tintas de muitas cores e de uma câmara fotográfica para que a obra nasça da dança entre cores e água.

O trabalho fotográfico para capturar a difusão de pigmentos é rápido, e as imagens abstratas tornam-se concreta quando espirais coloridas aparecem, dando um verdadeiro show entre figuras que vão surgindo conforme a imaginação de quem aprecia a obra.

Keever ainda estava na NASA quando seu primeiro trabalho surgiu, decidindo interromper os projetos para um mestrado na área da engenharia. Para ele, fazer arte passou a ter uma importância fundamental em sua vida que o permitiu aprofundar sua criatividade e sensibilidade.

Para o início deste mês (abril/14), a galeria Waterhouse & Dodd, em Londres, tem em sua programação a exposição individual com as novas obras abstratas – quase concretas – de Kim Keever.

abstrato quase concreto  (1).jpg

abstrato quase concreto  (2).jpg

abstrato quase concreto  (4).jpg

abstrato quase concreto  (5).jpg

abstrato quase concreto  (6).jpg

abstrato quase concreto  (7).jpg

abstrato quase concreto  (8).jpg

abstrato quase concreto  (9).jpg

abstrato quase concreto  (10).jpg

abstrato quase concreto  (11).jpg

abstrato quase concreto  (12).jpg

abstrato quase concreto  (13).jpg


Rita Manzano

Quanto à escRITA, metade dela sou eu. Juntas seguimos, entrelaçando mensagens que (re)vestem vidas .
Saiba como escrever na obvious.
version 4/s/fotografia// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Rita Manzano