esconderijo

Quando tudo é matéria e é sombra

Margarete MS

Eu tenho um coração um século atrasado.

As múmias do Lago Natron

Nick Brandt fotografou os corpos bem preservados de morcegos, flamingos, águias e andorinhas para documentar o fenômeno.


lake-natron-calcium-salt-petrified-animals-nick-brandt-1.jpg

O Natron é um lago salgado localizado no norte da Tanzânia, perto da fronteira com o Quênia. É muito raso, chegando a menos de 3 metros de profundidade e varia em largura de acordo com o seu nível de água, que se altera devido a altos níveis de evaporação, deixando para trás uma mistura de sais e minerais chamados natrons.

A temperatura no lago pode chegar a 60° C e é tão alcalino quanto o amoníaco. Um ambiente extremamente severo, alimentado por cinzas vulcânicas.

Algumas aves e morcegos acabam colidindo com a água e morrem, tornando-se cascas calcificadas.

lake-natron-calcium-salt-petrified-animals-nick-brandt-2.jpg

lake-natron-calcium-salt-petrified-animals-nick-brandt-3.jpg

O lago é completamente inabitável mas alguns organismos como bactérias e algas vivem perto de suas nascentes. Curiosamente as algas que os flamingos comem em lagos como estes também alteram sua coloração.

O fotógrafo Nick Brandt descobriu aves e morcegos perfeitamente preservados no litoral durante um trabalho sobre a captação da vida selvagem e decidiu fotografá-los. As aves estavam calcificadas mas foram posicionadas por ele para que pudessem ser melhor fotografadas.

05-nick_brandt.jpg

lake-natron-calcium-salt-petrified-animals-nick-brandt-4.jpg

lake-natron-calcium-salt-petrified-animals-nick-brandt-5.jpg

lake-natron-calcium-salt-petrified-animals-nick-brandt-6.jpg


Margarete MS

Eu tenho um coração um século atrasado..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/Fotografia// @destaque, @obvious, @obvioushp //Margarete MS