escrever com a luz

sobre poéticas e estéticas

Anna Carvalho

Pesquisadora, indecisa, tia da Luisa, turista e fotógrafa.

Noor Images e a Rio+20

Em 2012 o Brasil receberá a Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável para tratar da ação do homem sobre o planeta, pauta esta de muitas criações artísticas e jornalísticas. Dentre elas está a Agência Noor, responsável por um trabalho documental e jornalístico de estética primorável sobre como as mudanças climáticas estão afetando a natureza e a vida do homem.


Captura de tela 2012-01-30 às 20.53.17.png

O Brasil recebe esse ano a Conferência para o Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, a Rio+20, vinte anos depois da Eco92. Mas o que mudou desde então? Falar em desenvolvimento sustentável e nas mudanças que o planeta vem sofrendo é pauta da agência de fotografias Noor há um bom tempo. No seu projeto chamado “Climate Changes Features”, nascido em 2009, a agência Noor une o fotojornalismo e a fotografia documental de modo a mostrar as tranformações não somente no planeta, mas na vida das pessoas. A agência formada por fotógrafos de várias partes do mundo produz olhares estrangeiros e nativos de modo a simbolizar todas as alterações que estão acontecendo por causa da interferência do homem na natureza. As imagens enfatizam, através da estética, a urgência com que os problemas resultantes do aquecimento global devem ser tratados e, dessa forma, constróem um documento imagético das consequências de um desenvolvimento não sustentável. Além disso, muitas das fotografias clamam pelos novos métodos de obtenção de energia, mostrando que o indivíduo necessita cada vez mais de saber aproveitar o que a natureza tem para oferecer.

©Alixandra Fazzina : Noor Images.png ©Alixandra Fazzina/Noor Images ©Francesco Zizola:Noor Images.png ©Francesco Zizola/Noor Images ©Jon Lowenstein .png ©Jon Lowenstein/Noor Images ©Stanley Greene.png ©Stanley Greene/Noor Images  

O alto contraste, as baixas luzes, os tons de preto são fundamentais para a construção do drama nas imagens de modo a acentuar a problemática. Mas os olhares se diferenciam em diversos momentos, não só pelo parâmetro geográfico, mas pelo estilo do fotógrafo. Às vezes o objeto está próximo à câmera, demonstrando a proximidade do fotógrafo de seu ator social. Em outros momentos a abstração se torna mais forte e o ser humano deixa de ser o foco. E, desse modo, surgem imagens que se parecem com pinturas e que possuem enquadramentos mais abrangentes.

  ©Nina Berman.png ©Nina Berman/Noor Images ©Yuri Kozyrev.png ©Yuri Kozyrev/Noor Images  

A produção de sentido nesse tipo de fotojornalismo opera numa dimensão potencializadora da experiência estética, sendo capaz também de promover emoções complexas ao espectador. Apesar do abismo entre a experiência comum e a experiência estética a significação da imagem jornalística é também afetada positivamente. As imagens geralmente representam diversos contextos e acontecimentos que não provocam envolvimento no espectador, além daquilo que está escancarado na imagem, mas as imagens documentais da Noor provocam uma quebra no equilíbrio da noção fotojornalística e conseguem construir um novo modo não habitual de visualizar a imagem. Provoca-se emoção e reflexão. As imagens são complexas pois despertam sentidos que ultrapassam a linha da representação seca e, através da experiência estética, pode provocar uma leitura mais rigorosa da imagem transcedendo a superficialidade aparente. O fotojornalismo em casos como esse é mais do que um suporte de observação ele é também de informação e análise sobre a vida humana, é opinativo, revelador e expositor. Basta saber visualizá-lo. Não sabemos quais serão os acordos que surgirão durante a Rio+20, mas através das imagens da Noor podemos pensar que existem diversos olhares sobre os temas relacionados ao desenvolvimento sustentável e que a mudança principal não se dá somente pelo apelo dramático das imagens, mas também pela simbologia que ela alimenta.

 

Veja as fotografias do projeto aqui: www.noorimages.com

Saiba mais sobre a Rio+20: www.uncsd2012.org


Anna Carvalho

Pesquisadora, indecisa, tia da Luisa, turista e fotógrafa..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/// @destaque, @obvious //Anna Carvalho