escrever com a luz

sobre poéticas e estéticas

Anna Carvalho

Pesquisadora, indecisa, tia da Luisa, turista e fotógrafa.

A fotografia representativa

O que é uma imagem representativa para você? No livro de Tim Mantoani chamado "Behind Photographs: Archiving Photographic Legends" diversas imagens representativas são colocadas nas mãos dos seus autores.


Desde o surgimento da imagem fotográfica atribuímos a ela a característica de verossimilhança, de mimese, e que, por essência, atestam a existência do referente fotográfico. Desse modo, o representativo é sempre aquilo que está estampado na imagem e nada mais. Porém, podemos pensar que uma imagem representativa é aquela que nos simboliza algo, até em sua função social de registro doméstico. O acionamento da fotografia é então dado, não somente pela leitura de cada receptor, mas também pelo momento exato do surgimento da fotografia pelo fotógrafo que a representou.

O livro “Behind Photographs: Archiving Photographic Legends” de Tim Mantoani resgata de forma singela a existência humana no ato-fotográfico. Isso porque ele registra, em forma de retratos, grandes fotógrafos mundiais segurando suas imagens mais representativas. Àquelas que pertencem não somente ao imaginário pessoal, mas coletivo, por causa principalmente de seu caráter simbólico e social.

Behind-Photographs-bem-legaus-5.jpgJeff Widener Behind-Photographs-bem-legaus-6.jpgLyle Owerko harry_benson.jpgHarry Benson bill_epperidge.jpgBill Eppridge mary-ellen-mark.jpgMary Ellen Mark

A fotografia possui sim uma estrutura mecânica, mas o caráter humano é extremamente importante para a constituição de imagens tão fortes. A fotografia entendida como documento e como representação permite que se considere os filtros sociais e culturais do fotógrafo como decisivos no processo de fotografar, além dos métodos significativos que advêm do processo de interpretar.

O resgate do humano por trás de uma fotografia atua na estética fotográfica e, pensando nisso, a linguagem fotográfica funciona então como modelo de comunicação e transmissão que se dão não somente pelas fotografias-documentos, mas também por qualquer elemento da ordem visual. E isso ocorre com qualquer tipo de fotografia que se apóia ou não na noção utópica de representação do real, onde a partir dessa relação podem surgir interferências próximas à fotografia-expressão de modo a criar contradições e desmentir a ilusão anteriormente proposta.

Sendo assim, a fotografia não pode ser reduzida à condição de aderência, pois desperta olhares significativos que podem trazer, através da estética e da sensibilidade, imagens que não negligenciam as presenças de elementos formais e conceituais do campo crítico. Ver o fotográfo carregando a sua imagem produzida nos mostra justamente isso, a fotografia como um suporte dialético, um instrumento de pensamento onde a representação atua na essência da fotografia.

Mais imagens podem ser vistas aqui: http://www.wired.com/rawfile/2012/01/famous-photogs-pose-with-their-most-iconic-images


Anna Carvalho

Pesquisadora, indecisa, tia da Luisa, turista e fotógrafa..
Saiba como escrever na obvious.
version 5/s/// //Anna Carvalho