escritos da ansiedade

Ideias de alguém tentando não viver o futuro no presente

Guilherme Lima

manias acompanhadas de TOC

O riso amargo do palhaço

O suicídio de comediantes como Robin Williams explicita a suscetibilidade a depressão e transtornos psicológicos até mesmo na comédia.


"O riso do palhaço esconde espírito deveras amargo". De fato esta frase deixa evidente o que levou Robin Williams e Fausto Fanti do Grupo Hermes e Renato, cada um com seus motivos, ao suicídio, provavelmente o ato mais desesperado que um ser humano possa cometer. Sendo atores e comediantes, sua profissão os delegava a função de fazer rir e deixar a estressante e cansativa rotina do dia a dia de seu publico mais aprazíveis, amenizando um pouco os infortúnios do cotidiano que na maior parte das vezes, é embasado nas formalidades da permanente relação de absoluta seriedade que o mundo real nos exige. Justamente por demonstrarem apenas suas facetas alegres e extrovertidas, considera-se que estes, assim como pessoas bem-humoradas e propensas a brincadeiras nas suas relações sociais, possuem pouca ou nenhuma aflição e melancolia causadora das tristezas comum a qualquer ser humano. Nisso reside um erro de julgamento crasso de nosso senso comum.

Como seres de carne e osso, estas pessoas de vertente divertida e com boa disposição a piadas e palhaçadas jocosas com seu ambiente e consigo mesma, também convivem dentro de si com seus "demônios" internos. É impossível permanecer sempre no mundo suave do riso eterno, achando graça e qualquer coisa e a todo momento, pois tudo enfim tem alguma hora para ser dialogado, e o humor vai pela mesma via. Crer que uma pessoa esta absolutamente bem da vida apenas por que na frente de um grande publico, consegue arrancar risos sinceros da plateia, no caso dos comediantes, ou de uma roda de amigos divertir a todos com alguma história cômica, não isenta estes de estarem sujeitos a tristeza ou melancolia enquanto pessoa, em todos os seus aspectos emocionais e psicológicos. Cada ser tem seus próprios transtornos e dores peculiares, e o fato de tentar e conseguir divertir o próximo não os torna super-humanos imunes a depressão.

bilde-4.jpeg

Pessoas divertidas também sofrem das chagas mundanas recorrentes destes destemperos da sociedade que nos cerca e enclausura. Por mais engraçado que a pessoa demonstre ser, nunca saberemos através de sua faceta apenas nos momentos efusivos de uma piada, o que se passa dentro de sua cabeça. Robin Williams mesmo com uma aparência que somente ao olhar seu semblante nos fazia ter uma vontade irresistível de gargalhar, tinha sérios problemas pessoais, como no atribulado casamento, excesso e abusos com bebidas alcoólicas e até mesmo uma REHAB devido o vicio em cocaína. Fausto Fanti estava se separando da mulher, e a série de insucessos atualmente na carreira o incomodavam. Ai esta estas coisas que nós não podemos preconizar e julgar, pois simplesmente por tentarem e estarem rindo na frente dos outros, que pessoas de inclinação a veia cômica não são sujeitas a problemas, medos e temores próprios.

A bem da verdade, a vontade e prazer que as pessoas acabam tirando de fazer o semelhante rir com suas brincadeiras e peças pregadas acaba sendo um escudo, ou no caso dos palhaços, uma maquiagem em formato de belo nariz e sorriso pintado de vermelho. Serve como mascara de um imaginário fantástico que por vezes acabam ocultando e de certa forma, anestesiando o remetente da diversão e o destinatário da mesma. E não se pode levar esta representação como falsa ou ilusória, ela é uma das faces das múltiplas que estas pessoas afeitas a viver vendo graça em tudo pertencente ao seu mundo possuem, são as verdades da alegria que por vezes sublevam a outra realidade humana oposta da comédia, sendo muito mais latente para alguns: a tragédia.

É ter noção de que os homens de riso fácil e disposição ao eterno humor também podem sofrer como qualquer mortal, é que talvez tiremos de lição deste término de vida solitária e sofrida que estes comediantes tiveram. A graça pode ser feita até nestas horas inglórias da morte,como o humor negro, que joga e explicita isso bem até demais( Fausto Fanti em Hermes E Renato, e Robin Williams em suas atuações adoravam este tipo refinado de humor). Porém, o riso que acabamos por ventura arrancarmos dos outros nem sempre será o nosso.


Guilherme Lima

manias acompanhadas de TOC.
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// //Guilherme Lima