espacialidade

Geobiografia dos Lugares

Wallace Pantoja

Geobiógrafo dos lugares, os que existem e os que ainda não, morando no centro e vivendo nas bordas, sonhando com o entre.

CORONAVÍRUS, ORIENTAÇÃO GEOGRÁFICA E PUNIÇÃO DIVINA AOS GAYS

Orientação geográfica no mundo é, antes de qualquer coisa, o direcionamento dos corpos sobre outros, não raro buscando colonizar os espaços por uma visão autocentrada de certo, bom e justo, criando inimigos comuns para ereção de projetos que vão remapear o possível e o subjetivo.


LÍder judaico Aakov Litzman afirma que é doença para "castigar gays". Pastor Televangelista cristão Perry Stoneinsiste insiste que coronavírus é ação divina contra o "casamento homossexual". Já Muqtada al-Sadr, líder xiita iraquiano enfatiza que a Pandamia é causada pela legalização do casamento gay.lidereshomofobia.jpg>Imagens: metropolis.com/uol.com.br/wikipedia.com

Poderíamos argumentar que é puro fanatismo religioso anacrônico. Porém, nesta mesma semana os hemocentros dos Estados Unidos retiraram os protocolos que impedem LGBTs de doarem sangue porque o estoque de sangue está baixo e agora precisam de "sangue gay".

Não é porque vivemos em um mundo paralisado pela Pandemia que todas as outras misérias materiais e simbólicas humanas foram suspensas, bem ao contrário, elas atravessam o pandêmico e o desnaturalizam! Se por um lado o atual "Estado de Sítio Planetário" (Agamben) pode despertar nexos de encontro e partilha, por outro destampa o que há de pior em nós, não raro este pior se espalha como fogo santo, frenesi contaminante e verdades reveladas.Velocity_Hilts.jpgA Velocity of Being: Letters to a Young Reader, dos Irmãos Hilts

A Orientação Geográfica do Mundo que a pandemia perturba não é meramente um conjunto de coordenadas em um plano, é a orientação dos coletivos em movimento que buscam franquiar os espaços para si (Ahmed), criar novos mapas do real e ordenar objetos e corpos (e objetificar corpos, diria Sartre) tendo em vista seus projetos, sejam pessoais ou coletivos de antecipação e de adiamento do Apocalipse. E uma das maneiras mais poderosas de reorientação geográfica da ação é a criação de um inimigo comum, desde a China até os Gays, o que está em jogo é quais projetos políticos de mundo devem nos orientar na topografia do real e, como nos lembra Rancière, na recomposição das paisagens do possível.


Wallace Pantoja

Geobiógrafo dos lugares, os que existem e os que ainda não, morando no centro e vivendo nas bordas, sonhando com o entre..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// @obvious, @obvioushp //Wallace Pantoja