espacialidade

Geobiografia dos Lugares

Wallace Pantoja

Geobiógrafo dos lugares, os que existem e os que ainda não, morando no centro e vivendo nas bordas, sonhando com o entre.

wallacepantoja

Wallace Pantoja

A espacialidade não é o mundo, mas sem ela sequer era possível falar de mundo. Porque podemos estar com "todo o mundo", mesmo que estejamos num lugar, persistindo a espacialidade. Podemos estar juntos e, ao mesmo tempo, sozinhos - terrivelmente sozinhos a ponto de gritar - ainda assim persiste a espacialidade, esta autoprodução entre nós e a extensão além.
Realizar pequenos momentos densos de troca, experimentar extensões incontidas ou simplesmente acessar o outro em sua trajetória virtual diária, esguia. Fazer do aqui - no seu agora - um LUGAR VIRTUAL, no sentido mais pleno e múltiplo do conceito. Geografar nossos destinos, geobiografar, tarefa impossível e inesgotável, cuja única alternativa é assumir o impossível, ser inesgotável.

Últimos artigos publicados

Site Meter