esquina do Óbvio

Porque a genialidade está à esquina do óbvio

Gerson Avillez

Fotógrafo e homem da prática de letras nas horas vagas, teólogo e pedagogo por formação, filósofo autodidata e por vocação. Descendente direto do Tenente-General Jorge Avillez, portador da Síndrome de Aspeger, trabalhou em eventos culturais nas Lonas Culturais no Rio (2002) onde produziu e fotografou, tendo fotos publicadas em jornais do Rio de Janeiro. Posteriormente trabalhou na Rede Globo como fiscal de figuração pela agência MMCDI especialmente na novela Avenida Brasil (2012). Membro votante do Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas do Rio de Janeiro, membro número 1017 do CLFC (Clube de Leitores de Ficção Científica) e da Sal (Sociedade de Artes de São Gonçalo), tendo escrito artigos para a Revista Somnium, teve contos selecionados e publicados na Revista Litera, Primeiro Capítulo e é autor de destaque da Obvious Mag. Finalista de diversos concursos literários, tem 21 livros escritos e dois publicados, 'Adormecidos' (2011 - Ryoki Produções) e 'Síndrome Celestial' (2013 - Editora Multifoco).Convido-os a curtir minha página no facebook: www.facebook.com/Filoversismo

A Fila da Burocracia

Breves pensamentos sobre o porque da burocracia e das filas


Se existe algo que tenho orgulho é de minha honestidade, e sim humildade. O digo, porque não digo que ninguém tem menos direitos que eu ou que podem usufruir menos do que fizeram ou produziram, como fazem comigo. Sou humilde e honesto, ao menos não roubo direitos alheios para dizer que tenho mais direitos que estes. Mereço e tenho direito a tratamento digno, e pelo que luto contra tal soberba e desonestidade, não abro! Muitos podem falar de fila para burocratizar a honestidade, porém, para a dignidade não há fila, a burocracia é o conta gota do capeta para atingir o cidadão honesto enquanto os desonestos a pulam. Muitos burrocratas dizem que tenho que entrar em fila para tudo o quando a de bom, felicidade, direito, reconhecimento, mas para se matar, roubar destruir só a fila para os desonestos que assim o querem fazer comigo, como se nisso tivessem direito!

grupo-de-pessoas-em-uma-fila-thumb7085149.jpg

Por acaso há fila para a constituíção? São os enormes burocratas que como pequenos vermes morais no governo as sucedem! Hoje vemos uma sucessão de enaganadores para ver quem engana mais quem. Em nossa própria história temos um engano como a do dia de Tiradentes que se quer era barbudo. A desonestidade - o falo pois a mentira é a falta de honestidade para com a verdade - só não é maior que outras modelidades variavéis do mesmo. É gente passando gente para trás, um fazendo o próximo de escada a seus fins muitas vezes pouco nobres ou morais. Para estes não há cura, pois são a própria doença, seria como enxugar gelo, perdoar dissocial que tem prazer no próprio erro como acerto.

Querem conhecer o universo de Gerson Avillez? Curtam a página do Filoversismo no Facebook: www.facebook.com/Filoversismo


Gerson Avillez

Fotógrafo e homem da prática de letras nas horas vagas, teólogo e pedagogo por formação, filósofo autodidata e por vocação. Descendente direto do Tenente-General Jorge Avillez, portador da Síndrome de Aspeger, trabalhou em eventos culturais nas Lonas Culturais no Rio (2002) onde produziu e fotografou, tendo fotos publicadas em jornais do Rio de Janeiro. Posteriormente trabalhou na Rede Globo como fiscal de figuração pela agência MMCDI especialmente na novela Avenida Brasil (2012). Membro votante do Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas do Rio de Janeiro, membro número 1017 do CLFC (Clube de Leitores de Ficção Científica) e da Sal (Sociedade de Artes de São Gonçalo), tendo escrito artigos para a Revista Somnium, teve contos selecionados e publicados na Revista Litera, Primeiro Capítulo e é autor de destaque da Obvious Mag. Finalista de diversos concursos literários, tem 21 livros escritos e dois publicados, 'Adormecidos' (2011 - Ryoki Produções) e 'Síndrome Celestial' (2013 - Editora Multifoco).Convido-os a curtir minha página no facebook: www.facebook.com/Filoversismo.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// //Gerson Avillez