esquina do Óbvio

Porque a genialidade está à esquina do óbvio

Gerson Avillez

Fotógrafo e homem da prática de letras nas horas vagas, teólogo e pedagogo por formação, filósofo autodidata e por vocação. Descendente direto do Tenente-General Jorge Avillez, portador da Síndrome de Aspeger, trabalhou em eventos culturais nas Lonas Culturais no Rio (2002) onde produziu e fotografou, tendo fotos publicadas em jornais do Rio de Janeiro. Posteriormente trabalhou na Rede Globo como fiscal de figuração pela agência MMCDI especialmente na novela Avenida Brasil (2012). Membro votante do Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas do Rio de Janeiro, membro número 1017 do CLFC (Clube de Leitores de Ficção Científica) e da Sal (Sociedade de Artes de São Gonçalo), tendo escrito artigos para a Revista Somnium, teve contos selecionados e publicados na Revista Litera, Primeiro Capítulo e é autor de destaque da Obvious Mag. Finalista de diversos concursos literários, tem 21 livros escritos e dois publicados, 'Adormecidos' (2011 - Ryoki Produções) e 'Síndrome Celestial' (2013 - Editora Multifoco).Convido-os a curtir minha página no facebook: www.facebook.com/Filoversismo

O Filoversismo e a Logosofia

Num resumo do que é a sintese do Filoversismo coloca-se frente a frente com as semelhanças e diferenças da Logosofia. Filoversismo que essencialmente é a busca pelo singular quer e a concausa do universo.


Procuro ser honesto com meus leitores, sempre que consciente posto as fontes quer de citações ou inspiração, coisa que não incorre aos falsários. Porém, a interessante Logosofia não a foi. Criada há quase um século reúne conceitos que transcendem a filosofia mesmo que busque a respostas as mesmas perguntas elementares. Sendo mais uma ferramenta-ismo contém em si pedaços de grandes semelhanças com o Filoversismo, porém, sem chave da procura pelo singular e pelo singular. No filoversismo o singular que pela ciência sob nomes como singularidade ou na filosofia por infinito e paradoxos abrangem também a psique pela auto-superação. É mais que autoconhecimento, é a busca pelo conhecimento ímpar não de individualismo, mas de libertação ao escalar de medidas e consequentemente de valores inerentes ao materialismo e de aparências como na realidade preços. Concebe que o consciente humano está naturalmente preso a comparações como modo de se medir racionalmente o mundo a volta, aqui se propõe mudar esse paradigma fundamental de pensamento. A autocompreensão apenas surge do entendimento que somos em indivíduos seres singulares mesmo com semelhanças comuns e complementares em muitos casos. A "comparação" é sempre exemplificativa não dissociativa ou distorciva. Ora, vemos que para se explicar o inexplicável o ser humano procura sempre um parâmetro explicável para discernir tal fato, porém, isso pode ser superficial e distorcivo, afinal a proposta de paradoxos inerente a exemplo das formas é comum e não meramente fractal a exemplo do supracitada esfericidade terrena - a terra e redonda vista do espaço, porém, reta do horizonte de uma praia ou mesmo de uma montanha.

bigbang1.jpg

"Sou melhor" é estipular preço maior a si, "sou maior" é ser materialista, assim como as demais medidas pré-concebem a glamourização da desigualdade como ser "superior" não há de existir o "inferior". Assim ser melhor que si mesmo como auto-superação, é passo para o autoconhecimento ou fruto deste. A de se medir a centelha que move, ou a fissão nuclear é insignificante? O maior poucas vezes é melhor, assim como o melhor só o é em evolução sobre si mesmo e sempre consequente. A espiritualidade assim é conceitual presente, pois crê justamente não em tamanho de espíritos ou preços para a salvação, antes ela é individual - singular - e espontânea. O mesmo abrange a outras áreas do pensamento e o entendimento ímpar destas coisas é uma experiência individual e não padronizada. A logosofia parece com sinceridade responder as mesmas perguntas que o filoversismo, porém, o filoversismo a tenta justamente pela visão de uma dimensão não material como causa primeira de todas as coisas, sendo assim metaciência, metaverso, algo essencialmente inteligente e consequentemente consciente que, entretanto precisa deste Universo para de certo modo se completar. Essa dimensão é essencialmente uma singularidade não linear e preconizada perante o nosso Universo como 'pré' e por isso o termo 'verso' que carrega a conotação de 'verbo' a exemplo de Jesus Cristo. O Filoversismo crê que para compreender plenamente este Universo somente com tal peça-chave restante, e que assim há uma inteligência suprema e regente a tal dimensão-universo pertence. Deus é um nome, nada mais que um título. Na ciência crê em fronteiras entre o material e essa dimensão que pode ser entendida como espiritual e elas são presentes ao que rompe o espaço comum onde apenas de conhecido há o Tempo não como linearidade de causalidade, mas inexistência de espaço, afinal o material somente há de existir espacialmente.

Querem ver mais sobre o universo de Gerson Avillez? Curtam a página do Filoversismo no Facebook: www.facebook.com/Filoversismo


Gerson Avillez

Fotógrafo e homem da prática de letras nas horas vagas, teólogo e pedagogo por formação, filósofo autodidata e por vocação. Descendente direto do Tenente-General Jorge Avillez, portador da Síndrome de Aspeger, trabalhou em eventos culturais nas Lonas Culturais no Rio (2002) onde produziu e fotografou, tendo fotos publicadas em jornais do Rio de Janeiro. Posteriormente trabalhou na Rede Globo como fiscal de figuração pela agência MMCDI especialmente na novela Avenida Brasil (2012). Membro votante do Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas do Rio de Janeiro, membro número 1017 do CLFC (Clube de Leitores de Ficção Científica) e da Sal (Sociedade de Artes de São Gonçalo), tendo escrito artigos para a Revista Somnium, teve contos selecionados e publicados na Revista Litera, Primeiro Capítulo e é autor de destaque da Obvious Mag. Finalista de diversos concursos literários, tem 21 livros escritos e dois publicados, 'Adormecidos' (2011 - Ryoki Produções) e 'Síndrome Celestial' (2013 - Editora Multifoco).Convido-os a curtir minha página no facebook: www.facebook.com/Filoversismo.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// //Gerson Avillez