faíscas

Do simples ao complexo, do real ao abstrato e umas faíscas de ideias.

Jonas Sakamoto

Jonas Sakamoto é descendente da Terra Nipônica, graduando em Jornalismo, guitarrista, cinéfilo, apaixonado por música e fotografia. Ás vezes viajante, mas segue a vida 'paciente, confiante, intuitivo'

Sobre saudades de um tempo de erros sinceros

Porque uma vida regada de acertos consecutivos não mostra nossa melhor versão do que é ser um humano. Tire o chapéu, peça um café ao garçom e sorria das bobagens que cometeu e os erros que a vida te concedeu.


tumblr_nfhohbkAN71tg8xeso1_500.gifCharlie Chaplin sabia das coisas. Gif: Reprodução / Tumblr

Existem pessoas e pessoas no manual do mundo, daquelas inquietas arquitetando cada o furor das nossas incompletudes, aquelas outras cheias de si culpando o mundo postando status vazios, aqueles eternos viajantes da jornada sagaz do advento da vida. E os verdadeiramente vivos e conscientes que a vida só é vida quando se deposita vida nelas.

Charlie Chaplin sendo sempre sensato disse um pouco sobre isso: “A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos”. Forte, não?

Ok, mas o que isso tem a ver com ‘sobre saudades de um tempo de erros sinceros’? É porque hoje estamos tão condicionados às críticas automáticas, disparando inverdades e sufocando-se com o ego exagerado. Em que não nos permitimos passear por entre dizeres sinceros, amores eternos – mesmo que dure umas três semanas – e plenitude singela.

Saudades de um tempo de erros sinceros eram apenas deslizes que floresciam a melhor versão de nós mesmos, em que eles nos mostravam os nossos melhores aspectos, as nossas melhores qualidades e os piores defeitos e assim vamos conduzindo nossa condição de ser humano.

Porque eram nestes momentos que vibrávamos aquela alegria finita, mas com o pé no chão de que a nossa certeza é o fio que conduz a nossa maestria de viver com tanta beleza.

Um salve à nossa inconstância. E os nossos erros mais sinceros.


Jonas Sakamoto

Jonas Sakamoto é descendente da Terra Nipônica, graduando em Jornalismo, guitarrista, cinéfilo, apaixonado por música e fotografia. Ás vezes viajante, mas segue a vida 'paciente, confiante, intuitivo'.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 1/s/recortes// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Jonas Sakamoto