filosofante

Filosofar é arte e todo o resto faz parte.

Renata Pasini

Publicitária e poetisa de uma tigela inteira. Colecionadora de histórias de amor, por puro prazer de conhecer o mundo.

Pessoas passageiras

A rodoviária é o encontro de sentimentos passageiros, de idas e vindas lotadas de devaneios. A rodoviária é a certeza de saudade, a certeza de como é bom ser presente mesmo estando de passagem.


large (2).jpg

Pelo menos uma vez na vida já fomos testemunhas de despedidas em rodoviárias. Entre cada beijo apaixonado e abraço confortante nunca existirá uma grande distância entre estes corpos.

Rodoviárias não dividem pessoas por países, dividem por linhas históricas. Na maioria das vezes, o próximo beijo acontece em menos de uma semana. Mas somos feitos de saudades antecipadas, de beijos longos em cada partida, que prezam a continuidade na mente.

Entre cada caminho as pessoas não se despedem apenas de outras pessoas, se despedem de conflitos, de defeitos e incertezas.

Mágoas que talvez eram tão existentes naquele final de semana, são abandonadas no próximo box. Toda história vivida na rodoviária é mais intensa. Desde a mão que escorre na janela com desejo guardado no peito, até o abraço apertado que foi dado no último minuto, mas que valeu a viagem inteira.

A rodoviária é a lembrança da distância, é o entendimento do quanto é bom estar perto. Amores de idas e vindas, muitas vezes passageiros, outras vezes, apenas amores... de longas estradas.


Renata Pasini

Publicitária e poetisa de uma tigela inteira. Colecionadora de histórias de amor, por puro prazer de conhecer o mundo..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Renata Pasini