Vinicius Siqueira

Fascista desde criancinha

19 dicas para você escutar música com mais prazer e evitar qualquer preconceito

Antes de começar sua apreciação musical, leia esta lista caprichada sobre como se preparar para abrir a mente aos novos sons.

Electric_guitar.jpgAbaixo estão listadas 19 dicas básicas para se escutar música com mais prazer e com liberdade. Todas são fruto de experiências pessoais que eu vi serem muito eficientes e são importantes porque não há maior prazer do que ouvir uma música nova que você nem pensava existir - sem preconceitos e sem julgamentos precipitados, simplesmente escutando.19 dicas para você escutar música com mais prazer e evitar qualquer preconceito

1 - Prepare-se para dedicar um tempo exclusivo à audição da música. O som deve entrar em seus ouvidos de maneira que, ao fechar os olhos, sua mente fique hipnotizada com os estímulos sonoros. Portanto, uma parte do seu dia deve ser dedicada exclusivamente para isso.

2 - Busque pelo diferente. Lembre-se, buscar pelo diferente é muito mais do que se aprofundar num mesmo estilo, mas é percorrer a maioria dos estilos que você puder observar, portanto, seja um expert no rock-indie-cult que você adora, mas dedique um tempo para o samba raiz, para o pagode, para o axé, para o jazz e para a música clássica.

3 - Ao escutar o diferente, sinta-se escutando aquilo que lhe é familiar. É claro que não será a mesma coisa, entretanto, escutar uma música com preconceitos não te fará um melhor ouvinte, mas sim um sujeito bitolado.

4 - Não ter preconceitos é um processo longo e tortuoso. Não negue, você ainda tem MUITOS preconceitos musicais e provavelmente vai ter pelo resto da vida, mas é importante termos um impulso para evitar estes preconceitos. Muitas vezes não conseguiremos, mas se tentarmos, o prazer em escutar música será cada vez maior.

5 - Vasculhe tudo que é velho. Os sons antigos são as bases dos sons novos, portanto, nada melhor do que ver o que era feito antes mesmo de você nascer. Que tal ir além e ver o que era feito antes dos seus pais nascerem? Encontrou Elvis? Beatles? Que tal então ver o que era feito antes mesmo do seu avô nascer? Bebop? Mississipi Blues? Que tal ir mais longe? Schoenberg!

6 - Vasculhe tudo que é novo. Entramos no óbvio: se o velho costuma ser uma boa fonte, o novo é a atualização. Escute o novo para saber onde o mundo da música está. Saiba se a música clássica absorveu traços da música pop e veja se a música pop ainda se concentra em guitarra, teclado, contrabaixo e bateria. Você pode ter muitas surpresas. 

cover.jpg

7 - Procure por música fora do seu continente. Por favor, não sejam ingênuos. Não deixem de procurar por música na América do Sul para procurar na Europa. Procurem por músicas em continentes que você nem mesmo se interessava - procure pela música popular da Índia, pela música popular do Turcomenistão - seja astuto!

8 - Procure por músicas dentro da sua cidade. Toda cidade tem uma cena particular de música. No ABC paulista nós temos as batalhas de rap, o circuito de hardcore e de punk rock. Cada cidade tem suas crias e elas devem ser escutadas - quem disse que não são tão boas quanto aquelas que aparecem na sua time line todo dia?

9 - Baixe tudo que encontrar pela frente. Sim, baixar músicas é ilegal, mas você já foi preso quantas vezes por isso? Portanto, vá aos sites mais estranhos e baixe tudo, como o Um Que Tenha, Um Que Não Tenha, Muro do Rock e etc e etc.

10 - Aumente a rotatividade de seu MP3. Vivemos em tempos líquidos, de alto fluxo: não deixe o mesmo álbum por mais de duas semanas, caso você esteja somente conhecendo músicas novas. Tenha noção de que este álbum que você gostou muito e vai querer escutar por mais tempo ainda estará disponível daqui duas semanas e neste meio tempo, você poderá descobrir álbuns melhores e mais interessantes.

11 - Converse com músicos. Quem você acha que melhor pode indicar boa música? Sim, os músicos! Eles sabem do assunto, afinal, eles são os maiores apreciadores, pois a música não é feita a partir do nada, mas depois de muita audição.

12 - Converse com aficionados. Os músicos conhecem muita coisa boa, mas os aficionados conhecem de tudo. Encontre blogs, sites e revistas e leia tudo que estiver lá. Não fiquei parado na Rolling Stone e não ache que o Wishplast é a melhor coisa do mundo - procure aquilo que está no lado b da internet: lá você vai encontrar um conteúdo sincero e diferente. 

mozart-wolfgang-amadeus-5075ebcb6aa1c.jpg

13 - Converse com gente diferente de você. Já pensou que se você costuma sair para os mesmo lugares sempre e encontrar as mesmas pessoas sempre é muito provável que você nunca conheça nada diferente do que já conhece? Pois então, faça amizades em locais que você não costuma ir: se você é do tipo que gosta de ir pro forró universitário, conheça gente do rock, se você for do rock, conheça gente do samba raiz e assim por diante. Saiba conversar com pessoas que tem gostos diferente do seu.

14 - Saiba respeitar o gosto alheio. Cultura não é só aquilo que você gosta, muito menos aquilo que é feito pra ser belo. A cultura não se limita às formas belas de se ver/ouvir e não está longe do mercado, do mesmo jeito, a arte não é somente aquilo que é feito sem interesse. Pare de ser aristocrata, desça do pedestal e saiba que Luan Santana é cultura e arte, assim como Chico Buarque.

15 - Escute aquilo que é "difícil". Quando nos dizem que a música clássica é difícil de escutar, já ficamos preparados para o pior. Muitas vezes nós não conseguimos escutar uma música até o fim porque nos ensinaram a escutar a música de um jeito diferente, rápido e descartável. É por isso que a música de 4 minutos faz sucesso mas a de 20 não. Então, cabe a nós nos esforçarmos para aprender maneiras de apreciar a arte que não cabe em nosso mapa estético.

dominguinhos.jpg

16 - Ignore listas de melhores músicas, melhores bandas ou melhores estilos musicais. Essas listas são meras opiniões e você não precisa delas para categorizar aquilo que gosta e aquilo que não gosta. Use-as somente como fonte de descobertas.

17 - Escute o que seu ídolos escutam. Procure por entrevistas em sites e jornais para verificar quais são as influências de seus ídolos. Você pode ficar surpreso ao saber que Andreas Kisser é um amante da MPB e Arrigo Barnabé é amante do dodecafonismo. 

18 - Dedique uma parte do seu dia somente para sons novos. Não fique sempre na mesma, saiba dedicar parte do seu dia, como as viagens de trem, metrô e ônibus para o trabalho, unicamente à apreciação de novas músicas. 

19 - Seja um informante. Diga para seus amigos sobre o que anda escutando, publique suas impressões em sites e blogs, e receba todo o feedback possível para conseguir melhorar cada vez mais sua lista de bandas preferidas e de sonoridades mais atraentes. 

Espero que com essas dicas, escutar uma disco não seja a mesma coisa previsível que sempre foi.


Vinicius Siqueira

Fascista desde criancinha .
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/musica// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Vinicius Siqueira