Vinicius Siqueira

Fascista desde criancinha

"Recomponha-se, caramba!", disse Nietzsche... Ou foi mais ou menos isso

Nietzsche parece ser um rapaz mau. Parece estar sempre ao lado das figuras mais despóticas do mundo. No entanto, sua filosofia pode ser usada para se aproveitar a vida como ela deve ser aproveitada.


Nietzsche é um rapaz bem enérgico. Seus escritos beiram o escárnio e a glorificação dos fortes, daqueles que conseguem viver a vida com total energia, sem submeterem-se a qualquer regra externa. Para o autor alemão, nós devemos ser os criadores de nossas próprias regras, devemos dar vazão aos nossos desejos e gozar do prazer que é viver em plenitude.

nietzsche-leroy.jpg

Segundo o filósofo, quem consegue fazer da vida uma atividade criativa, pode ser chamado de "nobre"; já aqueles que se submetem, que não são donos de suas próprias ações, são os "comuns". Em A Gaia Ciência, Nietzsche trata de dizer claramente que o nobre é uma exceção e que deve se ver como tal, "quando homens tão excepcionais não se encaram como tais, como poderiam compreender, alguma vez, o vulgar e o valorar equitavelmente a regra!?".

O nobre, por sua vez, também pode ser visto em seus atos irracionais, afinal, é típico do nobre não se ater tanto assim à racionalidade e às regras, "a natureza superior é mais 'desarrazoada', porque o homem nobre, generoso, o ser que se sacrifica sucumbe aos seus instintos; em seus melhores momentos a razão faz uma pausa". Este é o sujeito que come com prazer, que luta mesmo em uma batalha perdida, é aquele que não pensa em sua vantagem para realizar uma ação e, exatamente por isso, é mal interpretado pelos comuns.

"Aos olhos vulgares os sentimentos nobres e generosos parecem destituídos de pertinência [...] [os comuns] desconfiam do ser nobre, como se este procurasse seu benefício com um ardil", diz Nietzsche. O recado é simples: "recomponha-se!". Viva sua vida de peito aberto às vicissitudes!

Seja um nobre, se coloque no mundo como uma exceção, pois só assim será possível enxergá-lo com autonomia e plenitude. Não se apegue à verdade, pois ela não existe e não é com ela que você irá justificar suas ações. Todas as atividades devem ser justificadas com a vontade que as impulsiona. Se Deus está morto, cabe a nós sabermos o que fazer com nossas vidas.

sexocomnietzsche.jpg


Vinicius Siqueira

Fascista desde criancinha .
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/recortes// @destaque, @obvious //Vinicius Siqueira