horizonte distante

cinema, música e tudo aquilo que se pode avistar

Guilherme Moreira Jr.

Um inquieto sobre o viver e o estar. No cinema, na música ou em qualquer outra janela. Cidadão do mundo com raízes no Rio de Janeiro.

Amores, aspirinas e trivialidades

“Há algumas coisas que não se pode aprender rapidamente, e o tempo, que é só o de que dispomos, cobra um preço alto pela aquisição delas. São as coisas mais simples do mundo, e porque leva a vida inteira de um homem para conhecê-las, a pequena novidade que cada homem extrai da vida custa muito caro e é a única herança que ele poderá deixar”. (Ernest Hemingway)


harry1.jpgWhen Harry Met Sally... (1989) - Dir. Rob Reiner

De repente, o coração ficou turvo. Aquilo que antes era uma certeza, agora percorre descaminhos inerentes à própria vontade. Ela é o encontro e ele a partida. Duas metades opostas por experiências, leituras corpóreas, sentimentais e dúbias. Lacunas invisíveis, mas predominantes quando a fala, muda, invade o momento, negando a escolha. O movimento.

Numa espécie de espetáculo teatral, ambos os corpos buscavam carícias, mas bem no fundo, talvez fosse carência. Carência esta, não da necessidade, como se fosse algo biológico a consumir doses diárias para um maior comprometimento. A carência é da ausência. Uma justaposição indefinida no enunciado, mas reconhecível do seu próprio conteúdo.

Banhada por expectativas, ela não queria ser adorno. Por outro lado, impedido pelo véu da descrença, ele não queria ser polido. Opostos intransigentes, infundados, ingênuos.

Deixando de lado o discurso poético, ela tinha medo e, ele, arrogância. O erro cometido por estes indivíduos foi de acharem que, por formação acadêmica, o coração estava apto para discernir sobre o certo e o errado. Mas tais questões, muitas vezes, fogem ao bom senso. Conceitos dispostos por experiências através de anos, turvas pelas próprias e incertas escolhas. Não há manual. Não há janelas.

Hoje, encontro é partida e vice-versa. Não se trata de conveniência e insensibilidade. É simples ausência. A falta enraizada da carência humana. Ambos escolheram passarem as noites embriagados de expectativas e, agora, a ressaca é constante e eles precisam lidar com isso. Uma dose de grito ao coração, por favor.


Guilherme Moreira Jr.

Um inquieto sobre o viver e o estar. No cinema, na música ou em qualquer outra janela. Cidadão do mundo com raízes no Rio de Janeiro..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @destaque, @obvious //Guilherme Moreira Jr.