fabita

Jornalista, amante de literatura, cinema e filosofia

Morte social em plena luz do dia

A morte, uma dama justa e implacável, vestida de noite, que pega pela mão “belas” e “feras”, sem nenhuma distinção


Peter_Paul_Rubens_115.jpg

Houve uma morte social. Quase ninguém sentiu. Não saiu no jornal, não foi matéria de TV. Houve uma morte social e a vítima era diferente e teimosa. Não quis adaptar-se. Deu adeus às artes fulas e aos manequins 34. De anoréxica, não tinha nada. Houve uma morte social e os criminosos ainda estão soltos, por aí, nas avenidas, nas telas, nos supermercados, nas boates. Não houve investigação, não houve punição. A vítima enjaulou-se no quarto escuro. Janelas e cortinas fechadas, cobertor como único amigo. Fugiu do local do crime como se ela fosse a culpada. O peso enorme nos ombros, os olhos marejados, os sonhos desfeitos. Não há mais esperança na mochila gasta. Os gritos de xingamento ainda ecoam. “Gor-da!”, dizia a voz entrecortada. Quem dera vivesse nos tempos renascentistas, quando os artistas pintavam a delicadeza das curvas. Quem dera vivesse tempos antes, quando os anúncios de revista enalteciam as curvas saudáveis. Bem ali, no meio do corredor do mercadinho do bairro, houve uma morte social e ninguém, exceto a vítima, notou o crime grosseiro em plena luz do dia. Quem dera se os vizinhos comentassem: “barbaridade, o que está acontecendo com o mundo?” No lugar disso, os olhares de reprovação e as palavras duras da senhora aposentada: “não consigo te ver assim.” Facilitou a vida das castas almas e trancafiou-se. Ninguém mais, nem ela mesma, iria chocar-se com a pintura viva de Rubens. Só os lençóis saberiam do seu formato, que vai para a mesma vala dos formatos das misses esqueléticas. Na morte pensava. “Pelo menos a morte não discrimina.” Uma dama justa e implacável, vestida de noite, que pega pela mão “belas” e “feras”, sem nenhuma distinção.

1958386_10202910147691396_427684659_n.jpg


fabita

Jornalista, amante de literatura, cinema e filosofia.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @destaque, @obvious //fabita