ideias de guerrilha

Um arsenal de ideias contra a resistência do ócio

Eduardo Silva Ruano

Sempre buscando novas inspirações para transformar ideias em palavras

A Manipulação de Experiências

"As pessoas muitas vezes sacam suas câmeras sem pensar para capturar um momento, a ponto de perderem o que está acontecendo bem na frente delas."


photo memory 7.jpg

Se você gosta de tirar fotos para lembrar das boas experiências, então fique sabendo que isso pode ter dois efeitos colaterais: perda de memória e de tempo.

Um experimento feito pela psicóloga americana Linda Henkel constatou um fato: a obsessão por fotografar cada detalhe dos bons momentos pode prejudicar a nossa capacidade de lembrar desses fatos no futuro, além de impedir que nós aproveitemos totalmente essas experiências enquanto elas estão acontecendo.

Até que ponto uma fotografia consegue registrar experiências da nossa vida?

Para descobrir isso, a Dra. Henkel e sua equipe levaram um grupo de estudantes para fazer uma visita ao museu da Universidade Fairfield, nos EUA, e pediram para os alunos explorarem os objetos expostos no local, seja os fotografando ou simplesmente observando.

No dia seguinte, os pesquisadores testaram a memória dos alunos para os objetos que eles viram no museu.

Os resultados mostraram que os alunos que haviam fotografado os objetos eram menos precisos em reconhecê-los em comparação com os alunos que apenas os observaram.

Os alunos que tiraram fotos não foram capazes de responder a perguntas sobre os detalhes visuais dos objetos, mas aqueles que não tiraram fotos acabaram lembrando de vários detalhes do que haviam visto.

Ela chama esse problema de "efeito de comprometimento fotográfico".

"Esses resultados mostram como o olho da mente e o olho da câmera são diferentes".

Henkel observa:

"As pessoas muitas vezes sacam suas câmeras sem pensar para capturar um momento, a ponto de perderem o que está acontecendo bem na frente delas. Quando as pessoas contam com a tecnologia para guardar lembranças, elas não precisam se envolver tanto com o momento, e isso tem um impacto negativo sobre a forma como elas se lembram de suas experiências."

E é verdade. Quando queremos guardar boas recordações dos momentos que vivenciamos, muitas vezes ficamos mais preocupados com isso do que em aproveitar integralmente essas experiências.

Tirando fotografias assim, sem pensar, podemos acabar subtraindo um pouco da originalidade que dá valor a cada uma das situações que vivemos. Tirando fotografias à torto e a direito, os momentos se tornam mais artificiais e menos autênticos, e com isso, é como se estivéssemos manipulando nossas experiências.

A fotografia nos ajuda a registrar momentos relevantes para contarmos boas histórias, mas elas só valerão a pena no futuro se não sacrificarmos o presente.

Esse estudo de Henkel abre nossos olhos, incentivando-nos a viver mais intensamente as nossas experiências em vez de ficarmos preocupados apenas em registrá-las para a posteridade.


Eduardo Silva Ruano

Sempre buscando novas inspirações para transformar ideias em palavras .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/fotografia// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Eduardo Silva Ruano