ideias de guerrilha

Um arsenal de ideias contra a resistência do ócio

Eduardo Silva Ruano

Redator na Obvious, Whiplash e La Parola. Sempre buscando novas inspirações para transformar ideias em palavras

Steve Cutts: Verdades Inconvenientes da Sociedade High-Tech Consumista

O ilustrador e animador britânico Steve Cutts baseia sua arte na criação de peças que criticam severamente a sociedade high-tech consumista, abordando a destrutividade da natureza humana através de temáticas como poluição, desmatamento, escravidão tecnológica, exploração trabalhista, gula, industrialização e devastação ambiental.


11g.jpg

Steve Cutts é um ilustrador e animador inglês de Londres, onde trabalhou por muitos anos em projetos digitais para empresas famosas como Coca-Cola, McDonalds, Google, Nokia, Sony, Kellogg's, Toyota, Virgin, Reebok, Adidas, entre outras.

Em 2012, Steve deixou a agência na qual trabalhava como artista de criação, Glueisobar, para se dedicar totalmente ao mundo freelancer. Desde então, ele tem trabalhado para diversas outras agências criativas como Analog Folk, Gaia Foundation, Stink Digital, para citar algumas.

Após passar por várias experiências trabalhando para grandes corporações, Steve herdou uma forte frustração em relação aos métodos antiéticos do capitalismo, e então ele resolveu se voltar contra esse mesmo sistema que costumava empregá-lo.

As ilustrações e animações de Steve são expressões críticas ativistas contra o capitalismo, escravidão tecnológica, pilhagem de recursos, consumismo ganancioso, poluição, industrialização e degradação ambiental, alienação em massa e basicamente sobre o que vicia a nossa cultura high-tech obcecada.

"Meu trabalho se concentra nos detritos da nossa sociedade. A forma como interagimos com o meio-ambiente tem muito a ver com a bolha de consumismo que vivemos. Eu desenho situações terríveis do dia-a-dia em tons irônicos, representando ideias que soariam engraçadas se já não estivessem acontecendo conosco."

Em entrevista ao site Feature E-Magazine, Steve falou sobre sua formação:

"Na escola, o único tema pelo qual me interessava era Arte, e naturalmente eu progredi para estudar Belas Artes na universidade. Era isso ou comer batatas fritas do McDonalds, então não foi uma escolha difícil. Em pouco tempo me vi trabalhando como ilustrador para uma agência em Londres (Glueisobar) onde desenvolvi minhas habilidades em softwares como Photoshop, Adobe e Flash Effects."

As criações de Steve são autênticas, e suas ideias não são organizadas nem sistemáticas. Steve conta como costuma funcionar seu processo criativo:

"Em termos de processo, cada arte é diferente. Eu não tenho uma maneira-padrão de fazer as coisas. A qualquer momento eu faço malabarismos entre tarefas e projetos distintos. Geralmente o processo é longo e trabalhoso, podendo levar semanas ou meses para criar uma ilustração ou animação."

Sua animação de maior sucesso se chama "Man", que já obteve mais de 16 milhões de visualizações. Trata-se basicamente sobre a mortalidade do homem destrutivamente autodidata, mas também sobre o desmatamento, a gula, a poluição, o consumismo, industrialização, pesca de animais em extinção, preservação de recursos naturais e anti-veganismo.

Steve Cutts dá um conselho para jovens artistas e aspirantes à arte:

"Sigam seus instintos e não vendam a si mesmos."

Para ele, a insanidade humana é uma fonte inesgotável de inspiração. Veja então algumas de suas principais ilustrações:

11c.jpg

Thumbnail image for 11b.jpg

Thumbnail image for 11a.jpg

Thumbnail image for 11e.jpg

11d.jpg

Thumbnail image for 11f.jpg

11h.jpg

11j.jpg

11k.jpg

11o.jpg

11p.jpg

11l.jpg

11i.jpg

11n.jpg

11m.jpg

Para mais informações, seu site e Vimeo.


Eduardo Silva Ruano

Redator na Obvious, Whiplash e La Parola. Sempre buscando novas inspirações para transformar ideias em palavras .
Saiba como escrever na obvious.
version 5/s/design// @obvious, @obvioushp //Eduardo Silva Ruano
Site Meter