imagens e letras

Diversidade Cultural

Olavo Saldanha

Escritor, poeta, escultor, fotógrafo e Designer, mas que ficou preso nos braços da odontologia. Tudo arte.

O romance da casa do abismo

Parece viver, a construção. Os náufragos anseiam por seus destroços, pois, como escaparão da ferocidade do mar, que brame como um monstro e arrasta-os de volta? A construção sobre a encosta chora seus náufragos, quer voltar, todavia, foi capturada e exposta sobre as pedras para o espanto de todos. Esta é a história do Cliff House, o romance da casa do abismo.


Cliff House é um restaurante que foi construído num penhasco sobre falésias em São Francisco, na Califórnia, com madeira de um navio naufragado naquela encosta. A partir daí o imóvel padeceu cinco desastres. Muitos supersticiosos chegaram a acreditar que os danos foram causados pelos marujos mortos no naufrágio; os verdadeiros donos dos destroços. 1858, o ano em que tudo começou.

Cliff House (19).jpg

Após a abertura das estradas, o Cliff House tornou-se muito famoso, sendo freqüentado, inclusive, por vários presidentes americanos. Nos fins de semana não havia mais espaço nem para amarrar cavalos, tamanha era a novidade. Os passageiros começaram a chegar a partir das ferrovias, linhas de bondes e linhas de carruagens para a praia. Eram incontáveis.

Em 1877, explosões de dinamite, usada nas proximidades, demoliram uma ala inteira do restaurante. O edifício foi reparado, no entanto, foi completamente destruído na noite de Natal de 1894. Em 1896, o milionário Adolph Sutro, que havia comprado o prédio antes dos danos, o construiu novamente, desta feita em estilo vitoriano. E mais uma vez grandes multidões de São Francisco chegaram em comboios a vapor, bicicletas, carroças, carruagens e bondes nas excursões de domingo.

Em 1906, um terremoto quase pôs abaixo novamente a construção, ela resistiu ao terremoto, mas não ao incêndio, foi destruída totalmente pelas chamas um ano depois, na noite de 07 de setembro de 1907.

Dra. Merritt Emma, a filha de Sutro, encomendou uma reconstrução do restaurante, agora no estilo neoclássico, que foi concluído no prazo de dois anos e é a base da estrutura de hoje em dia. O edifício foi adquirido pela National Park Service em 1977 e tornou-se parte da Golden Gate National Recreation Area.

Desde que a madeira do navio naufragado foi incorporada à construção, além das destruições sofridas pelo edifício, mais de trinta navios foram triturados em pedaços na encosta abaixo do Cliff House. Coincidências ou não, a construção, de tempos em tempos, parece flertar com o infortúnio.

A teimosa trajetória do Cliff House está bem documentada desde a sua construção até hoje.

220149081795_small.jpg

Cliff House (9).jpg

bk0003d4c2d-FID4.jpg

Cliff House (2).jpg

Cliff House (4).jpg

Cliff House (1).jpg

Cliff House (11).jpg

Cliff House (18).jpg

Cliff House (8).jpg

Cliff House (20).jpg

Cliff House (23).jpg

Cliff House (13).jpg

Cliff House (21).jpg

Cliff House (5).jpg

Cliff House (26).jpg

Cliff House (10).jpg

Cliff House (16).jpg

Cliff House (29).jpg

Cliff House (30).jpg

Cliff House (28).jpg

Cliff House (14).jpg

Cliff House (15).jpg

Cliff House (6).jpg

Referências de pesquisa: Fotos e história: Guia do Visitante Cliff House (sftravel.com) – Site oficial do prédio (cliffhouse.com), Projeto Cliff House e Episódio de rádio, “Nevoeiro” de Mark Twain, publicado em A Era de Ouro da revista de 1864, da Califórnia Legacy Project (californialegacy.org).


Olavo Saldanha

Escritor, poeta, escultor, fotógrafo e Designer, mas que ficou preso nos braços da odontologia. Tudo arte..
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 1/s/geral// @destaque, @obvious //Olavo Saldanha