impropriedade privada

O avesso do inverso em um universo do avesso

Jean Peixoto

Um sujeito simples com diversos predicados. Estudante de Comunicação Social. Apaixonado por literatura, cinema e música. Fotografa tudo o que consegue. Escreve por vocação e desenha por teimosia. Já tentou ser músico, mas não se acostumou com os tomates. Espera, um dia, conhecer o Beetle Juice.

  • Edward-Honaker.jpg
    A Inequívoca Derrocada

    A morte é um passaporte para múltiplas viagens e uma das mais interessantes acontece no necrotério. Ali, ao redor do caixão daquele ente querido é onde muitas vezes nos deparamos com familiares que há anos não víamos, nem falávamos e alguns, nem conhecíamos. Seja pela falta de tempo, pela distância ou por puro desafeto, eis ali o incólume e intransponível evento do qual nem o mais rico, nem o mais forte ou mais inteligente homem jamais escapou, a morte.

  • CQuUDqKWEAApK7y.jpg
    Passei dos 25 e não fiz tudo o que planejei. Fiz o que pude

    Não adquiri casa própria. Não comprei um automóvel. Não aprendi a dirigir. Não escrevi um livro. Não concluí a faculdade. Não conheci o exterior. Não encontrei a pessoa certa. Não me casei. Não tive filhos. Não fiquei rico. Não encontrei o emprego dos sonhos. Não me tornei chefe de nada. Não fui morar sozinho. E nada disso é, de fato, um problema, afinal de contas cada um tem o seu tempo.

  • eduardo-cunha-camara-deputados-silas-malafaia-pastor.png
    Ser contra a redução não é ser a favor de bandidos

    A redução da maioridade penal é uma questão que transcende os debates ideológico-partidários, e por isso necessita de uma análise mais aprofundada, muito além do A Favor x Contra. É fundamental entender à quem servem as causas que defendemos para que então, possamos formar nossas opiniões com embasamento.

  • mommy.jpg
    Mommy, o experimentalismo visual de Xavier Dolan

    Mommy é o sexto trabalho do diretor canadense Xavier Dolan. Contestador e ousado, Dolan desperta a reverência de alguns e o desprezo de outros, mas demonstra incontestável competência e apuro visual em seus trabalhos.

  • Man with a movie camera cover front russia.jpg
    Dziga Vertov, O Homem com uma Câmera: Retratos da Rússia Socialista

    Dziga Vertov revolucionou a história do cinema mundial. Iniciou seus trabalhos já nos primeiros anos do regime socialista instaurado na Rússia da década de 1910. Experimental, inventivo e transgressor, Um Homem com Uma Câmera traz à luz concepções estéticas inovadoras que permeiam os meandros de uma sociedade em constante reconstrução.

  • Matthieu-Soudet.jpg
    Nudez, Sensualidade e Surrealismo nas lentes de Matthieu Soudet

    Trabalhando o nu artístico através de uma linguagem surrealista, o jovem fotógrafo francês, Matthieu Soudet apresenta trabalhos fotográficos de altíssima qualidade. Confira!

  • frankenstein-final.jpg
    Dos Frankensteins que nos habitam

    Assistindo ao Frankenstein de Mary Shelley novamente, pude observar o quanto do Dr. Victor Frankenstein e de sua criatura há nas relações empreendidas na sociedade em que vivemos. Frequentemente brincamos de Deus e tentamos ir além do que nos é permitido, do que nos é possível. Além da ética e da razão.

    NOTA: Esta não é uma crítica ou resenha com embasamento teórico/objetivo. Este artigo é apenas uma análise subjetiva acerca dos fatos que permeiam a trama de Mary Shelley.*

  • Walter-Firmo.jpg
    O Capítulo Walter Firmo na História da Fotografia Brasileira

    Como no dia 20 de novembro é celebrado o Dia da Consciência Negra no Brasil, ninguém melhor para receber destaque nesta data do que Walter Firmo. Prezando sempre pela valorização da cultura negra na essência de seu trabalho, Walter Firmo tornou-se um capítulo indispensável aos admiradores da história da fotografia brasileira. Uma carreira iniciada no fotojornalismo, que se estendeu para além das redações e hoje é referência para fotógrafos de todas as idades.

  • rush.jpg
    Rush ReDISCovered | 40 anos de virtuosismo do trio canadense

    Este ano, o primeiro álbum de uma das mais importantes bandas da história da música, e claro, do Rock, completou 40 anos do seu lançamento. Para comemorar o aniversário, o Rush lançou uma reedição em vinil do seu debut com o nome de “Rush ReDISCovered“, trazendo todas as faixas remasterizadas.