insólito

Pequenos grandes eventos

Larissa Caramel

Esta que vos escreve não possui compromisso algum com a verdade alheia.

Insólito impresso e ilustrado à venda:
https://www.chiadoeditora.com/livraria/insolito

Sobre a humildade

"A todos os seres humanos com quem de alguma maneira me importo, desejo sofrimento, desolação, doença, maus-tratos, indignidades - desejo que conheçam o profundo desprezo por si, a tortura da falta de autoconfiança, a desgraça dos derrotados: não os lastimo, pois os desejo a única coisa que hoje pode provar se alguém possui algum valor - daquele que perdura."
Friedrich Nietzsche


Humilde: adj. m. e adj. f.
1. Que possui ou demonstra humildade; que é recatado, comedido, simples ou modesto; que não é pretensioso ou pedante. 2. Que é capaz de assumir as próprias falhas e lapsos. 3. Diz-se de quem é educado, obediente ou reverente. 4. Que é de baixa condição, sem grande poder econômico; que é pobre ou necessitado. 5. Que é inferior ou servil. 6. Que é obscuro.

vintage-mic1.jpg
Quem perdura, cedo ou tarde, compreende a humildade.
Ensinamento crucial da existência, ignorado pela certeza e segurança joviais - hoje tão cultuadas e perpetuadas - diga-me que valor ensina ao filho a mãe incapaz de contrariar suas vontades?
Que dizem alguns avós aos netos que tão logo sabem de tudo? Que lhes falta experiência, falta tombo, falta o entendimento de que nada sabem e que nada dominarão - nada - nem as próprias limitações.
A vida é professora paciente, que sem pressa, reage.
Cedo ou tarde, quem tropeça, aprende a olhar para o chão.
Quem se afoga, a respeitar o mar. Quem engasga, a comer mais devagar.
Cedo para os que aprendem no primeiro susto, assumindo o próprio erro.
Tarde para os que repetidamente empinam os narizes e ralam os joelhos, pois a vida é sim muito simples e proporcional - ensina da mesma maneira crianças e teimosos - ela continuará a aumentar o tombo, a esfregar seu rosto na calçada suja, até que você entenda que para caminhar, deve prestar atenção, de maneira consciente e direcionada, à realidade ao seu redor.
Como não poderia também desejar dificuldade a todos que prezo?
Que possam aprender com a rapidez e inocência de criança ainda nova o suficiente para não se envergonhar do poderoso motor que é a própria ignorância.


Larissa Caramel

Esta que vos escreve não possui compromisso algum com a verdade alheia. Insólito impresso e ilustrado à venda: https://www.chiadoeditora.com/livraria/insolito.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/literatura// @destaque, @obvious //Larissa Caramel