inspire-se

Que a arte nos aponte uma resposta...

Cláudia Zalaquett

Formada em Rádio e TV e pós-graduada em Jornalismo Cultural. Trabalha com produção audiovisual e escreve para internet.
Contato: [email protected]

MATÉRIA ESTELAR, O NOVO CD DE RHAISSA BITTAR

Lançado pela Panela Produtora, Matéria Estelar aborda o universo dos objetos inanimados através de inusitadas canções.


2_rhaissa_bittar_rodolfo_magalhaes_-_para_impresso.jpg

“Somos feitos de matéria estelar”. Foi a partir desta frase, citada pelo cientista Carl Sagan no documentário Cosmos, que surgiu o conceito de Matéria Estelar, o segundo CD da cantora Rhaissa Bittar.

Uma lista telefônica desempregada consegue uma vaga de peso no Sebo do Messias; uma pera leva um fora de um caju; uma foto lamenta-se por estar esquecida; um leque não vê a hora de se aposentar. Essas são algumas das histórias que ganham vida através da voz suave e interpretação autêntica da cantora.

Matéria Estelar é um disco singular. Além das letras alegóricas, que mesclam melancolia e humor, sua produção musical é impecável e ousada. As 14 músicas existentes no CD foram gravadas ao vivo. Para realizar o desafio, Daniel Galli, compositor e produtor do disco, e seu sócio, Filipe Trielli, transformaram a sala de estar da Panela Produtora em um espaço de gravação com equipamentos de ponta e músicos talentosos. Para completar a obra, o designer e diretor de criação, Jum Nakao, foi escolhido para cuidar do projeto visual e assumir a direção artística de Matéria Estelar.

Rhaissa Bittar _ Jum Nakao.jpg Rhaissa Bittar e Jum Nakao

Daniel Galli _ Rhaissa Bittar _ Jum Nakao.jpg Daniel Galli, Rhaissa Bittar e Jum Nakao

Na música A Lista, primeira faixa do disco, Rhaissa é acompanhada por uma big band formada por dezesseis músicos, todos selecionados pelo maestro, clarinetista e saxofonista Nailor Azevedo, o Proveta. Ele também assina os arranjos de metais da música Pérola do Brinco da Moça e da instrumental Interlúdio. Outra big band que tem participação em Matéria Estelar é a Spok Frevo Orquestra, composta por dezessete músicos. Ela está presente no frevo O Guarda-Chuva.

Uma das músicas de destaque do disco é a criativa Palitoterapia. Tudo acontece dentro de uma caixa de fósforos, onde os palitos, todos chamados Paulo, desabafam sobre a difícil convivência coletiva entre eles. Para isso, foram escalados quatro cantores, que por coincidência ou não, também se chamam Paulo: Paulinho Boca de Cantor, Paulinho Mosca, Paulo Padilha e Paulo Tatti. O chorinho termina em grande estilo com um coro de quarenta vozes, o mesmo número de palitos existentes em uma caixa de fósforos.

Para quem quiser uma degustação do disco, é possível baixar gratuitamente a música O Sacrifício, disponível aqui. Já o CD completo pode ser adquirido no site de Matéria Estelar.

colocar esta.jpg Trecho da música O Sacrifício

Matéria Estelar passeia por diferentes ritmos musicais e apólogos divertidos, aguçando a imaginação do ouvinte para levá-lo a uma viagem cósmica. “As histórias estão aí para serem contadas, cantadas e ouvidas”, diz Rhaissa.

Boa viagem!

__CAPA Materia Estelar _Rhaissa Bittar.jpg Capa do disco Matéria Estelar


Cláudia Zalaquett

Formada em Rádio e TV e pós-graduada em Jornalismo Cultural. Trabalha com produção audiovisual e escreve para internet. Contato: [email protected]
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/musica// //Cláudia Zalaquett