itinerário interno

Uma alma sempre a procura de transcender os limites do real, um verbo a espera de conjugação...

Madlene Nunes Cardoso

Trago em minhas mãos a poeira das constelações para contar o tempo contido na ampulheta...

John Williams e Steven Spielberg: trilhas inesquecíveis para filmes inesquecíveis

John Williams é um considerado um dos maiores compositores da história, possui grande destaque pelos seus concertos e obras eruditas, mas o que mais eleva a carreira de Jonh são suas composições para trilhas sonoras de diversos filmes, principalmente os de Steven Spielberg.


John Williams é considerado um dos maiores compositores da história, possui grande destaque pelos seus concertos e obras eruditas, mas o que mais elevou a carreira de Jonh foram suas composições para trilhas sonoras de diversos filmes, principalmente os de Steven Spielberg. Atualmente é conhecido como o compositor norte-americano mais premiado da história da música cinematográfica,já recebendo, até hoje, 47 indicações ao Oscar onde ganhou cinco vezes e é o segundo artista com maior número de nomeações, ficando somente atrás de Walt Disney com 59. Além de tudo isso, já foi indicado 21 vezes para Golden Globe Awards, dos quais faturou 4 e obteve 59 indicações para o Grammy, onde acabou ganhando 20 premiações.

john_williams_pictures_1104.jpg

Acredito que quase todos que lerem esse texto jamais ouviram falar de Jonh, porém é quase impossível nunca ter ouvido uma de suas composições, se alguém lhe perguntasse quais as trilhas sonoras mais marcantes do cinema, provavelmente no mínimo uma seria de Jonh, vai dizer que você não se lembra do vôo do super-homem em companhia da famosa melodia que parecia sustentá-lo no ar; podemos também logo lembrar de Darth Vader e a triunfal “Marcha Imperial” ou relacionar alguma sensação de aventura com Indiana Jones.

JWilliams_oscar.jpg

super_1.JPG

Conheci John após assistir o filme Memoirs of a Geisha, filme que possui uma trilha totalmente composta por melodias orientais. Flautas, cítaras, violinos e tambores são alguns dos instrumentos de destaques para criar tal sonoridade (vale ressaltar que ela foi premiada com o Globo de Ouro em 2006). Eu não tinha conhecimento sobre a obra de Jonh, mas sempre gostei de concertos, por mais que eu gostasse da trilha ainda não havia parado para pesquisar quem era o tal compositor. Fui atrás desta trilha imaginando que seria uma composição originalmente oriental e eis que me deparo com Jonh, o mago das trilhas sonoras, um dos maiores compositores que já pude ver. Dentre meus arquivos ainda tenho composições flamencas, melodias com estilo medieval, tangos, etc. realmente,um grande gênio.

Memoirs-of-a-Geisha-3-0B24RE1ZAV-1024x768.jpg Confira a música Brush on Silk:

John William conheceu o diretor Steven Spielberg em 1974, isto foi o marco para a carreira de ambos, Spielberg estava impressionado com seu talento e estava convencido de que Williams poderia compor a música tema para o filme “O Expresso Sugarland”, filme que estreou sua direção no cinema. Um ano mais tarde eles uniram-se novamente, agora para o filme Tubarão, sua composição considerada “sinistra” lhe rendeu seu segundo Oscar. Esta relação de amizade rendeu a trilha da maioria dos filmes de Spilberg como Jurassic Park, Jaws, Schindler's List e recentemente Cavalo de Guerra.

John-Williams-and-Steven-Spielberg-john-williams-25180335-2100-1869.jpg (John William e o diretor Steven Spielberg)

Também é parceiro do cineasta George Lucas, sendo o autor das famosas trilhas das bem sucedidas séries cinematográfica Star Wars e Indiana Jones. Outras trilhas famosas de autoria de Williams são a dos três primeiros episódios da série Harry Potter e a trilha do primeiro filme do Superman estrelado por Christopher Reeve.

A principal característica que o trabalho de John Williams foi assumindo em seus diversos trabalhos é fazer com que a melodia se torne totalmente impactante, onde sempre que alguém a ouvisse logo evocasse o personagem central da obra, neste caso uma referência por associação instantânea. As músicas são fortes, triunfais e de fácil assimilação, essa característica gerou um benefício para o diretor e para o compositor, pois o espectador está recordando o trabalho de ambos. Dessa forma, com melodias bonitas e bem trabalhadas, sua música era tanto apreciada por espectadores menos exigentes como valorizadas por aqueles acostumados a uma harmonia mais elaborada, tornando-se um mundo sonoro a parte do filme. A esta característica denominamos técnica Wagneriana do leitmotiv, que consiste em identificar um personagem, um objeto ou uma ideia através de um motivo musical.

johnwilliams.jpg

A popularidade da obra de John lhe rendeu algo inédito: vários dos seus álbuns atingiram os primeiros lugares nas paradas, ficando lado a lado com as estrelas pop do momento. Por exemplo, o álbum com a música de Guerra nas Estrelas, em apenas seis meses, vendeu dois milhões de cópias. Pops in Space (1980), a sua primeira gravação com a Boston Pops Orchestra, chegou ao 20º lugar na tabela de vendas do Natal de 1980. Confira uma lista com toda a sua filmografia, indicações ao oscar e ao Globo de Ouro: http://pt.wikipedia.org/wiki/John_Williams

Este vídeo trás um tributo a John, a orquestra toca em sequencia suas composições para vários filmes, a imagem está meio ruim, mas o áudio está bom:

Star Wars - Marcha Imperial:

Tubarão:

A Lista de Schindler:

Indiana Jones:

Superman:

Jurassik Park:

Going to School- Memoirs of a Geisha


Madlene Nunes Cardoso

Trago em minhas mãos a poeira das constelações para contar o tempo contido na ampulheta... .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/Música// @destaque, @obvious //Madlene Nunes Cardoso