koolt

Onde o cool e o cult se encontram

Rodrigo Ferreira

Rodrigo Ferreira é um pesquisador apaixonado por cinema, música e literatura. Ocasionalmente, escreve contos e artigos científicos. Sonha em publicar um livro um dia

Justiça: o que é fazer a coisa certa?

Aborto, casamento entre pessoas do mesmo sexo, suicídio assistido, lugar da religião na política. Qual é a coisa certa a fazer?


justica.jpg

"Não podemos ser justos se não formos humanos." - Luc de Clapiers, Marquês de Vauvenargues

O livro Justiça - O que é fazer a coisa certa (Civilização Brasileira, 2011), do filósofo Michael J. Sandel, é uma leitura necessária para a nossa sociedade (pós-)moderna. A obra é uma compilação de vários anos em que Sandel lecionou uma matéria chamada "Justiça" no curso de filosofia política de Harvard, onde é professor há quase três décadas.

Diz-se que este curso é um dos mais populares e influentes de Harvard, onde mais de mil alunos correm para o anfiteatro da universidade todos os anos para ouvir Sandel falar sobre o tema. No livro, Sandel faz um apanhado dos principais trabalhos filosóficos sobre justiça e discute as implicações de cada ideia até que no final apresenta a sua própria visão de justiça e uma proposta de um novo modelo de sociedade, mais justo e igualitário.

É interessante ver como Sandel passa pelo utilitarismo de James Bentham, a visão libertária de Immanuel Kant, a visão igualitária liberal de John Rawls e a visão teleológica de justiça de Aristóteles sem nos entediar com um discurso filosófico abstrato. Pelo contrário, o livro traz muitos exemplos, que ajudam o leitor a entender como as ideias de cada um desses filósofos podem ser aplicadas na vida real e, de fato, moldaram com o passar dos anos o modelo de justiça que temos hoje.

Um dos casos abordados no livro, por exemplo, é o do furacão Charley que varreu a Flórida no verão de 2004. Logo após a tempestade, sacos de gelo de dois dólares passaram a ser vendidos por dez. Pequenos geradores domésticos que normalmente são vendidos por 250 dólares, eram vendidos por 2 mil. Para se ter uma ideia dos abusos cometidos, a manchete do jornal USA Today trazia "Depois da tempestade vêm os abutres". Alguém poderia argumentar que numa economia de livre mercado o vendedor define o preço e compra quem concorda com ele, mas a questão central é: será que em uma situação de calamidade como essa as pessoas estão livres para escolher? Qual é a coisa certa a fazer?

Outras questões como aborto, casamento entre pessoas do mesmo sexo, suicídio assistido e o lugar da religião na política são abordadas no livro à luz dos pensamentos de Bentham, Kant, Rawls, Aristóteles, entre outros. Impressiona a forma simples e erudita com que Sandel trata de assuntos tão polêmicos. No final, ficamos com a sensação de que criar um mundo mais justo não é simples, mas é possível. E quem sabe, os alunos de Harvard e todos aqueles que tiverem acesso a esse livro não nos ajudam a construí-lo?

Para aqueles que preferem o vídeo à literatura, uma gravação de um dos seus cursos se tornou uma série de 12 episódios entitulada Justice: What's The Right Thing to Do?, uma coprodução da emissora WGBH e da universidade de Harvard. Os espisódios originais estão disponíveis em www.justiceharvard.org, porém você encontra as aulas legendadas nesse canal do Youtube.


Rodrigo Ferreira

Rodrigo Ferreira é um pesquisador apaixonado por cinema, música e literatura. Ocasionalmente, escreve contos e artigos científicos. Sonha em publicar um livro um dia.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/literatura// @destaque, @obvious //Rodrigo Ferreira