lapis papel e dedos no teclado

Porque todo tema interessante pede um texto

Laís Vilela

Como você acha que eu sou? Tem um pouco de mim em cada frase que você acabou de ler. Vem me conhecer um pouco :)

Nouvelle Vague: WACTH ME

A face de uma ramificação cinematográfica.O que era? O que foi? O que é?


sa.v.jpg

Nouvelle Vague, foi a vida dada a uma nova estética de cinema, em 1958, na França e tinha como sua essência sustentar outro lado de uma mesma moeda. Um lado que abordava e explorava o não ser das superproduções hollyoodianas, que eram encomendadas e super divulgadas pelos grandes estúdios.

Filmagens nas ruas, ao ar livre, longe das quatro paredes montadas, cenas do cotidianos e atores poucos conhecidos, ingredientes indispensáveis nas criações. O resultado dessa interferência foi palpável. Os filmes que surgiram dela foram pessoais, com baixo custo e deu sentido ao nome "cinema de autor".

Autonomia criativa que serviu de inspiração, que mostrou aos maiores participantes desse estilo, que o cotiado sob suas perspectivas pessoais eram dignos de serem retratados. Voz para quem quer falar, ouvidos para quem quer ouvir. sasasana.jpg

Jovens,movidos pela influência da bíblia da crítica à sétima arte, mais conhecida como revista "Cahiers du cinéma".Cadernos do cinema, totalmente marcantes e que conseguiram despertar a fundo a vontade própria de cada um dos envolvidos a criarem seus próprios filmes. Deixar de ser resenhas e se tornar obra final, em todas as partes.Total.

O ícone da Nouvelle Vague: François Truffaut, foi responsável por várias produções entre elas: Os incompreendidos, filme que já foi vencedor no festival de Cannes.

francoco.jpg François Truffaut (1932-1984)

O cinema e suas vertentes, as delícias dos detalhes do pensar diferente dentro de uma maneira de se mostrar. Assim se faz, assim se fez, assim se foi fazendo.Sendo.E dando sentido e construindo um dos lemas do cinema novo: “uma câmera na mão, uma ideia na cabeça”.


Laís Vilela

Como você acha que eu sou? Tem um pouco de mim em cada frase que você acabou de ler. Vem me conhecer um pouco :).
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/cinema// @destaque, @obvious //Laís Vilela