lapis papel e dedos no teclado

Porque todo tema interessante pede um texto

Laís Vilela

Como você acha que eu sou? Tem um pouco de mim em cada frase que você acabou de ler. Vem me conhecer um pouco :)

Os homens que não amavam as mulheres: Segredos sórdidos e atuais

A história vem de um livro. Um livro que conta uma história sobre várias realidades abafadas.Um livro que conquistou milhares de leitores e fãs.


Um livro que conseguiu criar personagens marcantes e contemporâneos. Um livro que deu início a uma trilogia intensa. Um livro que se destacou entre tantos outros.

Uma pesquisa feita pela FRA (Agência dos Direitos Fundamentais) - uma instituição criada pela União Européia - buscou elaborar um inquérito em 28 países que fazem parte da União Européia, sobre os temas violência doméstica, violência sexual e assédio sexual. A Suécia apareceu em segundo lugar com o maior número de relatos envolvendo esses tipos de violência.

HomemAmavaMulheres02.jpg

Contextualizando com o livro: Dados estudados. Mulheres e a violência. Vários pontos dispersos que se conectam em prol de uma mesma causa. Na Suécia, no meio de um mistério. De flores que chegam pelo correio latejando uma lacuna. Uma menina desaparecida, uma família que não entende o que aconteceu e muita fumaça no meio de pistas que andam em círculos.

Harriet Vanger e seu sumiço em 1966. Harriet e seu paradeiro. Harriet e suas dolorosas verdades. O que aconteceu com essa jovem de apenas 16 anos que simplesmente sumiu sem deixar rastros ou indícios esclarecedores? O que se esconde por trás das cortinas do seu desaparecimento?

harriet.jpg

As teorias brotam, as possibilidades vão se ramificando e geralmente vão morrendo nas águas que cercam a ilha que a família Vager decidiu chamar de lar. Ou apenas decidiu fincar raízes nesse espaço. Um emaranhado de desentendimentos, afastamentos e ódio confirmado.

O autor Stieg Larsson é perspicaz. Ele se preocupa em mostrar referências sólidas e concretas. Ele se preocupa em mostrar ao seu leitor que sua história tem um fundamento para sustentar todo o enredo. Ele é engenhoso, interessante e humano. O sucesso do livro esta não apenas no desenrolar de toda a história mais principalmente no papel fundamental de seus personagens tão bem criados.

Um jornalista mergulhado em um meio corrupto. Uma hacker que não consegue se socializar com facilidade. O entrosamento de personagens infiltrados em um banho de informações peculiares. Mikael e Lisbeth formam uma dupla improvável que caminha juntos por entre verdades obscuras afim de encontrar um sentido para um enigma que permanece vivo por quase quarenta anos e sobreviver aos obstáculos do dia a dia, no meio dessa busca eletrizante.

millenium2.jpg

Crimes, sangue derramado e dramas particulares. Os personagens principais também tem seus próprios problemas. Conseguimos notar a destreza do livro em pincelar mentes perturbadas e gananciosas. Página por página. Um show de atrocidades e obscenidades. O cenário é intimidador. A busca pela verdade é assustadora e totalmente instigante. Não podemos parar.

Até os dias de hoje, não podemos parar. Todos tem segredos e alguns precisam ser descobertos a tempo de evitar maiores estragos, maiores perdas, maiores danos.


Laís Vilela

Como você acha que eu sou? Tem um pouco de mim em cada frase que você acabou de ler. Vem me conhecer um pouco :).
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 1/s/literatura// @obvious //Laís Vilela