letras pulsantes

A caneta toca o papel e pulsa sentimentos.

Carina Santos

Social media, redatora freelance, blogueira e estudante de Jornalismo.

Percepções Planetárias

Me pergunto quantos planetas pairam sobre a atmosfera mágica de um Planeta Atlântida.


Todos os anos, a partir de novembro, o sul do Brasil tende a viver uma nova realidade. Um certo ar de musicalidade, alegria e espera toma de súbito o coração dos chamados “planetários” que, com orgulho, exibem seus ingressos para mais um Planeta Atlântida.

Planeta-Atlântida-de-Santa-Catarina-2014.jpg

O estado de Santa Catarina recebe o evento ainda em Janeiro, brindando o ano que se inicia com milhares de vozes, brilhos e sons. Já o Planeta gaúcho acontece em Fevereiro, onde a mescla de estilos encobre a ditadura do samba que nos toma de assalto em toda época de carnaval.

22971413218923_g.jpg

Apenas os que ao menos uma vez puderam vivenciar tal evento sabem que as frases “Só quem vai sabe”, “Só quem foi sabe” e “A maior festa do planeta” fazem todo sentido. Ouvimos, vimos, sentimos, dançamos, vivemos e respiramos Planeta Atlântida. A música é capaz de transformar.

Ao pisar em solo planetário, logo se vê que nossa vida não será mais a mesma de alguma forma. Seja pela alegria, pela música que vem de todo lugar, pelas luzes ou pelas pessoas que estão junto a nós: nos tornamos planetários e planetários seguimos por muito tempo mais. Talvez por toda a vida.

28531.jpg

Imagino que o segredo desse festival esteja na sua pluralidade singular. Somos muitos, somos diferentes. Mas, no mesmo instante, somos música. Somos um só planeta. Somos Planeta Atlântida.

d6168b43a7f3ba207e0e96f924e7d63e.jpg

Para ler mais Percepções Planetárias, clique aqui.

Fotos: Divulgação


Carina Santos

Social media, redatora freelance, blogueira e estudante de Jornalismo..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/musica// @destaque, @obvious //Carina Santos