li finalmente

Eu, fingindo que sei criticar literatura

Lucas Coppio

Aspirante a escritor, leitor desleixado e desenhista frustrado. Apresentador do Vlog Li Finalmente, membro da "Tropa Lanterna Verde" e namorado grudento nas horas vagas.

Edgar Alan Poe e o Afastamento Emocional

Uma rápida análise


Em quase todos os contos de terror de Poe nós temos uma personagem que fez algo terrível, mas ele (personagem) não parece sentir culpa, geralmente, ele mostra apenas emoções mais simples, como a raiva e medo.

Edgar_Allan_Poe_2.jpg

O homem no “gato preto”, depois de matar a própria mulher numa explosão de fúria, ao invés de entrar em pânico ele simplesmente ficou contente e orgulhoso de seu trabalho de esconder o corpo da esposa emparedando-o.

“A Queda do Solar de Usher” tem o medo e a apatia. O protagonista descreve tudo de forma distante e fria, ele descreve seu amigo e a irmã dele morrendo da mesma forma como descreve o sofá e livros da sala. É possível confundir seu tom com o de alguém descrevendo uma equação matemática.

O “Conto do coração revelador” temos mais um protagonista que cometeu um crime, e que não demonstra remorso algum. Ele é frio e orgulhoso de seus feitos, e descreve seu crime como se não fosse nada demais. O pintor no “Retrato Oval”, que drena a vida de sua esposa para a pintura, demonstra outro que se preocupa mais com seus feitos que com os outros.

O Doutor no mistério do senhor Valdermar que brinca com o morto e com o morto-vivo com o fascínio de uma criança brincando com um sapo morto.

Todas as personagens mostram características que são relacionadas à psicopatia; Falta de culpa e remorso, presença apenas de sentimentos primordiais, incapaz de sentir empatia, distanciamento da realidade, orgulho enorme e não se importam com a consequencia de seus atos.

Esses pequenos, porém constantes traços, em todos os contos, me faz imaginar se o próprio Poe não seria alguém com um nível leve de psicopatia, um nível que ele vive sem machucar ninguém além de si mesmo.


Lucas Coppio

Aspirante a escritor, leitor desleixado e desenhista frustrado. Apresentador do Vlog Li Finalmente, membro da "Tropa Lanterna Verde" e namorado grudento nas horas vagas..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/Literatura// @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Lucas Coppio