literarquiteturas

percursos de espaços & narrativas insurgentes

Leandro Andrade

Quando eu nasci veio um anjo me dizer: - Vai, guri, ser quase na vida... E eu achei bacana e fui... pois quasar é quase estrela ... o que pouca coisa não é!

leandroandrade

Leandro Andrade

Eu e minhas circunstâncias! Meus bons companheiros, meus deuses domésticos! No verso de Arnaud, uma síntese: "eu sou o espaço onde estou…"
A sala branca repleta de livros, formando um todo maior que as partes. A porta da rua, também branca, entreaberta, sugere a possibilidade da fuga iminente. O que seria inútil, diante das circunstâncias: seja por onde venha andar, carregarei comigo o espaço-tempo, dobrado e guardado em uma caixinha de surpresas.

Últimos artigos publicados

Mais artigos publicados