luciana chardelli

As coisas mais importantes são banais.

Luciana Chardelli

Apaixonada por duas xícaras de café nublado em dias fortes.

As cidades nuas de Leandro Andrade

Nas cidades de minhas curvas construo minhas cores


N09 mrg.jpg Cidade Interior

Alétheia é o nome grego da verdade. Alétheia é do ser, seu desvendamento. Os desenhos de Leandro Andrade não são apenas desenhos; trata-se de verbo em forma de traço. Leandro desvenda, em cores ou em negro, os cômodos de nossos pensamentos, desnudando nossa faculdade de fantasiar como se morássemos ou fôssemos as cidades nascidas de seus traços. Em Cidade Interior, o irregular e a geometria se misturam. Esperança e vazio; árvore seca e balão de desejos. Desejamos o que de nós não depende, o desejo é uma prece de esperança que sussurramos em cômodos vagos e secretos, por vezes seco.

Modo de Usar, uma homenagem a A vida: modo de usar, de Georges Perec, há uma irregularidade exposta e secreta, está tudo ali, não há nada ali. A cama sente falta do corpo, o piano jaz mudo. Nossos cômodos mais íntimos preenchidos pela louca e vã necessidade de definir; como em um puzzle ao avesso, é preciso desmontar e evitar nossos labirintos.

N03 mrg-2.jpg Modo de Usar

N01 mrg.jpg Espaço Tempo Curvo

“Como alma e corpo são uma só e mesma coisa”, como diz Espinosa. Curvas, retas e corpo são também uma só e mesma coisa. Em Espaço Tempo Curvo, as curvas são mãos; abraço do tempo. Abraço embriagado que cobre Julia na margem de uma cidade colorida.

N06 mrg.jpg Júlia na Margem da Cidade


Luciana Chardelli

Apaixonada por duas xícaras de café nublado em dias fortes..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/artes e ideias// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Luciana Chardelli