lunático

Estamos na lua com um telescópio, o resto é arte.

Tiago Clezar

Tiago Clezar é jornalista, ator e fotógrafo, gosta de escrever críticas e desenvolver projetos ligados à arte.

Os pensamentos, esses acomodados.

O que os seus pensamentos já fizeram você viver ou imaginar? Cuidado, eles são muito acomodados e cabe a nós fazer deles mais lunáticos.

Casa Lunático.jpg

O pensamento tem de ser mais lunático, e não fazer tudo aquilo que é programado pelo que chamamos obviamente de sistema.

Marco Aurélio disse certa vez uma frase que resume bem o significado da vida diante do que pensamos. — A nossa vida é aquilo que os nossos pensamentos fizerem dela. Ele já sabia disso. 

E você certamente não iria discutir com o imperador de Roma, afinal ele governou um lugar que tem um nome, que lido de trás para frente, se resume em um sentimento que atua como um passaporte para a imaginação.

Assim como o ar que respiramos, o amor é simples e inevitável, talvez por isso a palavra criar tenha essa terminação, é preciso fôlego para desenvolver alguma coisa.

E muitos tiveram fôlego para criar e continuar descobrindo a todo o tempo, homens que se superaram em épocas onde o saber não se limitava em uma simples pesquisa do google. Uma das maiores missões da humanidade e das gerações futuras é desprogramar o sistema, enlouquece-lo.

Imagine você se os aviões pulverizadores trocassem agrotóxicos por LSD, e ao invés de plantações um campo de guerra, os soldados certamente começariam a rir e as armas ganhariam o chão. Seria loucura? Não.

Loucura é saber que em 1938 Dr Hoffman descobriu o LSD, no mesmo ano, do outro lado do mundo, cientistas estudavam o átomo para fazer a bomba nuclear, a mente humana entre a destruição e o absurdo da imaginação.

Agora loucura de verdade é alguém achar que as drogas servem como a salvação de um mundo melhor, elas não servem e nunca servirão. O cérebro humano e os pensamentos podem ser maiores do que isso, algo nada complexo, uma certa frase resume bem esse sentimento. “Não entendo como alguém pode ser viciada em drogas, em um mundo que existe chocolates”.Os pensamentos precisam de pessoas que não tenham medo de criar, que conseguem ter faro pela arte, é necessário nutrir a mente, um bom lugar é este blog, é hora de começar a ser lunático.


Tiago Clezar

Tiago Clezar é jornalista, ator e fotógrafo, gosta de escrever críticas e desenvolver projetos ligados à arte. .
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/geral// @destaque, @obvious //Tiago Clezar