manifesto das artes

Sejam bem-vindos a um universo não tão óbvio!

Jeferson Corrêa

Jeferson Corrêa é escritor, autor do livro "Além do que os olhos podem ver". É também organizador de eventos, blogueiro e apaixonado por todas as formas de artes.


Contato:

[email protected]

DIVINA SUPERNOVA: Música que não tem tempo e espaço

Pulsares, primeiro álbum do casal multiinstrumentista Ana Galganni e Júnior Bocão, que cria belas músicas sobre sentimentos, poesia e a arte levando-nos a um universo único a cada faixa.


Capa_72.jpg Capa do primeiro álbum "Pulsares"

Muitas pessoas repetem o mantra "não há mais músicas boas como antigamente", mesmo com o acesso à internet cada vez maior para a maioria das pessoas, onde através do Youtube, e outros sites que disponibilizam de forma gratuita conteúdo musical de qualidade, alguns insistem nesta falácia. Fato é que há uma pluralidade inacreditável a quem procura algo novo na web. Bandas para todos os gostos e estilos, principalmente nacionais. Poderia citar várias delas, contudo, hoje, abordarei sobre uma dupla que me chamou atenção: Divina Supernova.

DS.jpg

Divina Supernova

Mostra ao mundo uma música que não tem tempo nem espaço. Este trabalho é o resultado da odisséia de dois músicos: Ana Galganni é de São Paulo e Júnior Bocão de Alagoas. Estes dois multiinstrumentistas trazem consigo as experiências adquiridas na cena musical independente brasileira - os dois já possuem discos lançados através do selo paulistano Baratos Afins, entre outros trabalhos independentes. Esta parceria gerou muitas composições e agora eles lançam o disco de estréia. O Divina Supernova segue a trilha da música brasileira mesclada aos caminhos da música universal.

Dupla.jpg Foto: Alexis Limousin

Pulsares

Um álbum autoral de 12 faixas. Lançado digitalmente no dia 2 de Julho de 2013. Contém 3 videoclipes oficiais lançados durante as turnês na Europa em setembro/outubro de 2012 e junho/julho de 2013. Contabilizando quase 20 shows no total entre Paris e Tolouse (França), Monthey, Val D'llliez, Champéry e Bouveret. (Suiça)

Pulsares são pequenas e densas estrelas de nêutrons que giram rapidamente criando um pulso sonoro emitindo energia constante. Essa energia é concentrada em um fluxo de partículas eletromagnéticas. Quando a estrela gira, o feixe de energia é espalhado no espaço como feixe de luz em um farol. Eles provavelmente são o resto de estrelas que entraram em colapso, fenômeno também conhecido como supernova.

O título "Pulsares" traz analogia ao caldeirão sonoro proposto neste primeiro trabalho de estúdio, com uma estética que une as batidas eletrônicas com influência da música brasileira. O disco apresenta canções modernas e delicadas. Um experimento realizado no estúdio Divina Home da dupla onde Ana Galganni e Júnior Bocão puderam dar vazões a seus anseios. E tem o projeto gráfico desenvolvido por Bruno Clériston, fotos de Felipe Brasil e Alexis Limousin, conta com mixagem de Jr. Bocão e masterização de Frank Arkwright no lendário Abbey Road Estudios, em Londres, local onde bandas como Beatles e Pink Floyd lançaram seus álbuns.

Nestas 12 faixas, a dupla se aventura em diversos estilos com canções em inglês e em francês, muito bem interpretadas por Ana e com um delicioso instrumental de Júnior Bocão e convidados. Ao ouvir as canções da Divina Supernova, somos levados a galáxias inexploradas do território musical brasileiro. Uma constelação de estrelas que podemos admirar a cada play.

Abaixo, algumas canções dessa energia para contagiar você.

Clipe da faixa número 4 "Magique". Onde pode-se destacar toda dicção de Ana ao cantar em francês, assim como sua interpretação e linguagem corporal dando mais força a música. "L'indifférence va de pair avec les avenues La solitude dort à côté de l'égóisme L'avenir flirte toujours avec le doute Et vous? Mon amour, rien n'est si tragique L'année prochaine, les feuilles tombent a nouveau Et le printemps sera magique"

foto-alexis-limousin.jpg Foto: Alexis Limousin

"O texto, o conto canto", a faixa de abertura é belíssima. Além de uma melodia agradável, a voz serena de Ana traz sensibilidade num instrumental de música eletrônica e pop em uma letra poética que permeará na mente por um bom tempo. "Eu sou o que carrego comigo e o que dou aos outros também. Entenda o que eu faço, meu largo abraço, poesia no tempo e no espaço. Enquanto você fica aí parado, calado… eu sigo em movimento, realizo o pensamento, minhas marcas na estrada são palavras pelo vento."

Um dos grandes destaques do álbum por seu instrumental boogie oogie com uma pegada meio jazz e pop rock "Revenge", faixa 9, cantada em inglês. É divertidamente dançante.

"I count on my fingers all good friends. I don't know what I done to deserve this punishment... I enjoy making people cry and everybody has fun with everyone, with everyone but me! Revenge! I'm good at that..."

Link para venda no Itunes store: https://itunes.apple.com/br/album/pulsares/id669528229

Site oficial:

www.divinasupernova.com

Redes sociais:

Facebook: www.facebook.com/divinasupernova

Twiiter: www.twitter.com/divinasupernova

Para ouvir o álbum:

Rdio: http://www.rdio.com/artist/Divina_Supernova/album/Pulsares/

Deezer: http://www.deezer.com/album/6743869

d2.jpg Foto: Alexis Limousin

"É aí que saliva vira lágrima, é aí que a saliva vira a gota d'água. Vira saída, a rota de fuga, o grito de vida, que alivia minha mágoa."


Jeferson Corrêa

Jeferson Corrêa é escritor, autor do livro "Além do que os olhos podem ver". É também organizador de eventos, blogueiro e apaixonado por todas as formas de artes. Contato: [email protected]
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/musica// @destaque, @obvious //Jeferson Corrêa