Larissa Soares

Escrevo para aliviar a mente, rir um pouco, talvez chorar, e entrar num mundo onde os problemas tornam-se inteiramente poéticos.

Nos embalos de Bee Gees

Quem nunca cantarolou um bem abrasileirado “Stayin Alive”, imitando os famosos passos de John Travolta do filme “Os Embalos de Sábado a Noite”? Relembre uma das melhores (e mais dançantes) trilhas sonoras da história do cinema.


travolta.jpg Cena de "Os Embalos de Sábado a Noite", 1977.

Não tem como falar de Bee Gees sem automaticamente se lembrar do filme que é um clássico quando o assunto é música disco. A história de "Saturday Night Fever" (Os Embalos de Sábado a Noite), se passa na vida de Tony Manero (John Travolta) que trabalha em uma loja de tintas, mas que se encontra realizado somente quando vai aos fins de semana junto com os amigos na discoteca da cidade onde mostra seu verdadeiro dom para a dança. Mas, voltando ao toque especial do filme...

O grupo Bee Gees, formado pelos irmãos Barry, Robin e Maurice Gibb, teve início na década de sessenta com um estilo bem diferente do que é característico e relembrado pelas pessoas atualmente. Quando foram convidados para participar da trilha sonora do filme que virou um marco cultural na década seguinte, não imaginavam o sucesso tremendo que iriam fazer. Com o lançamento de "Os Embalos de Sábado a Noite", o álbum "Saturday Night Fever: The Original Movie Sound Track" com a trilha sonora do filme, bateu recordes, é o quinto álbum mais vendido da história da música. Não há o que se discutir: Além do talento encantador de John Travolta, o Bee Gees também é dos grandes responsáveis pelo sucesso imediato do filme. Digamos que foi uma troca de favores, um ajudou no sucesso do outro.

Bee_Gees_1977.jpg Bee Gees é considerada a terceira maior banda da história pelo conjunto de sua obra.

Mas afinal, qual o segredo de uma boa trilha sonora? Além de a música precisar ter uma ligação evidente com o estilo e história do filme, ela tem por função emitir mensagens e sensações que as cenas deixam a desejar. Faz a gente se lembrar do filme só de ouvir a primeira batida da música. É, sobretudo, um bom lembrete cinematográfico.

20392414.jpg Um casal nada harmonioso que se encontra em perfeita sintonia ao som de "More Than a Woman".

E Bee Gees soube exatamente transmitir esse feeling com os clássicos dançantes como:

Stayin Alive

Night Fever

E as românticas:

More Than a Woman (Clipe com cenas do filme).

How Deep is Your Love

Mesmo com a decadência da disco music nos anos seguintes ao lançamento do filme (uma pena!), fato é que Barry, Robin e Maurice souberam como ninguém alinhar a tendência da época, com o forte sucesso do filme, e assim alcançar o reconhecimento mundial. E os amantes dos clássicos de antigamente só tem a agradecer pela maravilhosa contribuição do Bee Gees a história da música. Se dizem: “Relembrar é viver”, eu costumo ir além: “Relembrar é ter saudades de um tempo que não vivi.” Boa nostalgia.

maurice-gibb-robin-gibb-and-barry-gibb-of-the-bee-gees-performing-in-madison-square-garden-september-1979-pic-pa-876949633-87676.jpg Bee Gees: Ótima sugestão de música e não só para embalos de sábado a noite.


Larissa Soares

Escrevo para aliviar a mente, rir um pouco, talvez chorar, e entrar num mundo onde os problemas tornam-se inteiramente poéticos..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/musica// //Larissa Soares