miscelânea

Um pouco de tudo, de tudo um pouco

Fabíola Donadão

Comunicóloga e Nutricionista Funcional.
Me encantam o simples, o diferente e o divertido. Palavras são como o ar que respiro. Sem elas, não vivo

Quatro vidas de um Cachorro

Se você é do time dos apaixonados por cães, prepare-se.


A-Dogs-Purpose-trailer.jpg (Imagem: Divulgação)

O filme Quatro vidas de um Cachorro (do inglês, A Dog’s Purpose) foi baseado na história do livro de mesmo nome, do autor americano W. Bruce Cameron. O livro encabeçou a lista dos mais lidos do The New York Times durante longa data. Certamente um marco para uma publicação narrada por um cão.

Mas, o que faz dessa história tão amada e única? Provavelmente o fato dela ser contada sob o olhar de um cachorro de verdade, quero dizer, não um cachorro que entende a língua humana ou que fala com outros animais, mas um cachorro “cachorro”, se é que me entende. Tá bem, é um pouco confuso, admito, mas acredite, é exatamente isso o que dá leveza à história.

O longa é dirigido por Lasse Hallström, o mesmo diretor do filme Sempre ao seu lado, também estrelado por um cão, o japonês Hachiko, aquele da história real que esperava pelo dono na estação de trem.

Dessa vez, entretanto, já vou avisando, fique tranquilo, o cachorro não morre. Quero dizer, ele passa por isso sim, mas volta, reencarnando em diferentes famílias, sempre com um propósito diferente e a lembrança das lições aprendidas nas existências passadas. Essa, aliás, é a premissa do livro, a de que o cão nunca morre.

E eu me emociono só de escrever, porque sempre tive cães e, de fato, todos eles permanecem vivos em minhas lembranças. Se eles reencarnam, não posso afirmar, mas que eu renasço cada vez que um cão diferente entra em minha vida, isso não posso negar.

No elenco estão Britt Robertson, Dennis Quaid, K. J. Apa, Peggy Lipton, Luke Kirby, John Ortiz, Juliet Rylance e Pooch Hall, e claro, a voz do cão dublada por Josh Gad. A produção é da DreamWorks Pictures e o lançamento é da Universal.


Fabíola Donadão

Comunicóloga e Nutricionista Funcional. Me encantam o simples, o diferente e o divertido. Palavras são como o ar que respiro. Sem elas, não vivo.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/cinema// @obvious, @obvioushp //Fabíola Donadão