mixórdia

Uma mistura à base de música, teatro, cinema, prosa, poesia e café.

Laura Campos

Publicitária em horário comercial e escritora em todas as horas do dia.

Fight Like a Girl

Uma homenagem em forma de arte às mulheres que vão à luta na ficção e também no mundo real.


“Você luta como uma garota.”

01_Mulan.png Mulan

Ok. Mas o que isso quer dizer exatamente?

Ao longo de gerações, o tom pejorativo usado na frase a transformou numa ofensa. Fazer as coisas “como uma menina” se tornou sinônimo de fraqueza e antecipação de fracasso, significando que garotas não possuiriam a força necessária para vencer os meninos em competições.

Barbara-Gordon---Batgirl_horizontal.jpg Barbara Gordon: Batgirl/Oráculo (Batman)

Rey_Leia.jpg Rey e General Leia Organa (Star Wars)

E quando o assunto é a representação feminina nos filmes, desenhos, quadrinhos, séries e jogos, a história não é diferente. Entre versões hipersexualizadas e “donzelas em perigo”, ainda são poucas as protagonistas fortes e que, de fato, traduzem o papel da mulher na realidade.

Mas foi assim, na busca por formas de retratar e homenagear mulheres e personagens inspiradoras, que a brasileira Carolina Porfírio criou a Fight Like a Girl, como uma forma de desabafo: “acredito que muitas mulheres se identificaram com a série pelo mesmo motivo”.

04_Viúva Negra.jpg Viúva Negra

Mulher Maravilha.jpg Mulher Maravilha

Hit Girl.png Hit Girl

Kaol, como também é conhecida a desenvolvedora de games, ilustradora e criadora do projeto, inicia suas publicações com a frase “Você luta como uma garota” seguida de um “Obrigada” e de uma explicação sobre a personagem escolhida, além de falar um pouco sobre a sua própria experiência no processo de criação da arte.

Ramona Flowers.jpg Ramona Flowers (Scott Pilgrim)

Desde o seu surgimento, a Fight Like a Girl vem conquistando um número cada vez maior de fãs e, a pedido da ONG feminista Think Olga, heroínas da vida real como Rosa Parks e Malala Yousafzai, símbolos da luta das mulheres por seus direitos e seu espaço na sociedade, agora também fazem parte do projeto e ganharam suas próprias versões ilustradas.

08_Rosa Parks.jpg Rosa Parks (ícone do movimento dos direitos civis dos negros nos EUA)

09_Malala.jpg Malala Yousafzai (vencedora do Nobel da Paz em 2014)

Na fanpage de Kaol Porfírio, os visitantes podem conhecer mais sobre o seu trabalho, fazer sugestões para novas ilustrações e conferir todas as novidades desse projeto que ainda quer inspirar muitas mulheres a continuarem lutando.

Merida.png Princesa Merida (Valente)

Hermione.png Hermione Granger (Harry Potter)

Annalise Keatinng.jpg Annalise Keating (How to Get Away with Murder)

Sarah Connor.png Sarah Connor (O Exterminador do Futuro)

Todos os direitos reservados a Carolina "Kaol" Porfírio.


Laura Campos

Publicitária em horário comercial e escritora em todas as horas do dia..
Saiba como escrever na obvious.
version 6/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp //Laura Campos