João Ricardo

Criador criativo de criações aleatórias

ESFEROGRAFICANDO

Uma caneta esferográfica pode salvar uma vida. Se você, tomara que não, sofrer uma traqueostomia ou risco de morrer por asfixia, esse simples objeto pode livrar você da passagem inesperada e dolorosa para o outro 'plano'.


Ao mesmo tempo, este objeto que já foi alvo de inúmeras lendas populares, pode salvar a vida de pessoas quando usada para ilustrar, escrever algo inspirador ou até mesmo pode te proteger de um tiro de revolver. Neste vaso, é melhor não pagar para ver!

bic_cristal.jpg

Eu sempre ando com uma caneta no bolso. Na verdade eu sempre tenho a impressão que vou precisar escrever alguma coisa, quase sempre na mão, para eu lembrar depois. Minha memória já não é a mesma.

70_la-tour.jpg

Uma lenda urbana diz que a caneta esferográfica da marca 'Bic' foi criada como instrumento para Ets coletar dados do planeta terra. Provavelmente, eles vieram e constataram que não há nada de muito interessante acontecendo por aqui. Talvez Ets passem por perto e observam, de tempos em tempos, e percebem que a coisa por aqui está piorando e nem precisem mais da caneta para anotar nada.

BallpointPen5.jpg

Mesmo assim, cada caneta tem tinta suficiente para escrever por entre 2 e 3 quilômetros (dá para fazer um traço do começo ao fim da Avenida Paulista, em São Paulo). As substancias usadas para diferenciar as cores são: carbono para preto, ferro para azul. Os pigmentos são adicionados a um solvente - água ou óleo - e essa mistura molha a esfera na ponta da caneta, que gira e passa a tinta para o papel. Daí o nome "esferográfica". É bom ressaltar que este processo costuma falhar justamente quando mais precisamos, mas.....

Depois desta parte 'histórica' da criação e lendas por trás desta maravilha moderna, seu uso artístico é de certa forma essencial, tanto para anotar ideias no ponto de ônibus, quanto desenhar um rascunho de uma futura peça num pedaço de guardanapo em um restaurante qualquer.

70_voyager.jpg

Agora, para alguns artistas como Kevin Lucbert, a esferográfica se tornou uma mídia. Seus trabalhos tem uma plasticidade surreal, altamente contagiante. Ao contrário de desenhistas que 'copiam' rostos como se fossem fotografias entre outros objetos, Kevin Lucbert cria imagens surrealistas, que passam uma ideia. Alguns trabalhos tem características geométricas, outros são puros devaneios imaginários que parecem ser 'copiados' de sonhos, visões extremamente interessantes.

johnny deep.jpg Vince Low

Seja qual for sua necessidade para utilizar a esferográfica, lembre-se que você está segurando um objeto com múltiplas funções e que suas aplicações são infinitas, dependendo da imaginação da pessoa que a está segurando. Pode ser uma arma fatal nas mãos erradas, como pode ser a salvação nas mãos de um médico.

BallpointPen3.jpg

BallpointPen6.jpg

Contemplar o belo pode ser muito mais simples do que parece. Ajuda a mente a focar no positivo e elimina o ego pela simplicidade do objeto e de suas aplicações no campo artístico.

Fontes diversas.


João Ricardo

Criador criativo de criações aleatórias.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/artes e ideias// @destaque, @obvious //João Ricardo